Nacional de Juniores: Naval 1893 mantém liderança com goleada por 3-0 diante do Lusitano de Vildemoinhos

Fotografia de Ana Costa



Por Rogério Neves



A formação Júnior da Naval 1893 venceu esta tarde o vice-comandante Lusitano de Vildemoinhos por 3-0 com golos de Pato, Fred e Rica. Face a esta vitória a Naval é líder da classificação com 26 pontos, mais dois que o Sporting de Pombal contando no entanto com mais um jogo. 



As expectativas eram muitas, até ao 5.º lugar luta-se ferozmente pelo apuramento à fase final (dois primeiros) e na Figueira da Foz defrontavam-se o primeiro da classificação, Naval e o segundo, Lusitano de Vildemoinhos


Foi um bom jogo entre duas equipas que de princípio a fim lutaram arduamente pela vitória. O resultado final pode indiciar uma superioridade absoluta dos figueirenses mas não, os rapazes de Viseu apenas tiveram a infelicidade de defrontar uma equipa em tarde de grande acerto.

Para justificar a postura dos dois conjuntos basta dizer que apesar da vitória folgada da Naval o “homem do jogo” foi o seu guardião Fernando que em três ou quatro intervenções no “timing” certo acabou por ser uma barreira intransponível para os visitantes.

Os figueirenses com uma defesa bem organizada, onde Gustavo não deu hipóteses a ninguém teve no seu meio-campo o seu ponto-chave, e aí, escreva-se, Ricardo foi simplesmente impecável, o melhor de todos os que pisaram o sintético figueirense. A Naval entrou bem na partida e na passagem do minuto 10 chegou ao golo através de penalti claro por derrube a Fernandinho.

Os visitantes reagiram mas a os da Naval com mais ou menos dificuldade foram travando o ímpeto dos beirões defendendo a vantagem de um golo ao intervalo. Na etapa complementar a turma forasteira assumiu as despesas e entrou determinada a mudar a história do jogo, contudo no melhor período um erro de um defensor forasteiro permitiu a Fred facturar o segundo da tarde. Mesmo a perder por dois golos os visitantes não atiraram a toalha ao chão e causaram alguns sustos aos figueirenses, contudo, Fernando com algumas intervenções brilhantes cortou todas as veleidades aos viseenses.

Já com os visitantes a actuar com menos uma unidade a Naval apanhou a equipa adversária toda balanceada no araque e lançou o contra ataque isolando Rica que fechou com o 3-0 final.

Publicar um comentário

0 Comentários