Milhares de Jacintos-de-água a caminho da Figueira da Foz (veja as fotos)


Por Joel Perpétuo


Depois de já referidas as preocupações dos pescadores e dos autarcas da Figueira da Foz, em relação á ameaça da "praga dos jacintos" que tem assolado a Figueira da Foz, os próximos dias prometem continuar com esta praga (como é visível nas fotografias). Na zona das Comportas do Mondego na Ereira ainda se encontram milhares  destas plantas, cujo próximo destino será novamente a Figueira da Foz.

No próximo mês de Janeiro começa a época da Lampreia e não resolução desta situação vai trazer problemas aos pescadores.



Estas plantas invasoras criam uma espécie de tapete flutuante que muitas vezes cobre totalmente a superfície da água, o que faz com que a luz incidente seja reduzida, diminuindo assim a qualidade da vida aquática e levando na maioria dos casos à morte de animais e plantas.



Os jacintos de água que foram introduzidos em Portugal como plantas ornamentais em meados dos anos 30 do século XX e rapidamente transformaram-se numa ameaça séria para o ecossistema de rios e lagoas, são originários da América do Sul.





Publicar um comentário

0 Comentários