Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

9 de dezembro de 2018

Mário Soares foi ontem homenageado na Figueira da Foz



Na imagem :Carlos Beja, João Soares, Antonio Campos e João Ataíde.


A homenagem a Mário Soares, Ex-Primeiro-Ministro e Ex-Presidente da República portuguesa, realizou-se ontem na Figueira da Foz, um local que era particularmente importante e simbólico para o histórico socialista. 


A cerimónia foi assinalada com três momentos distintos, primeiro com uma exposição documental apresentada no Museu Municipal, seguida do descerramento de uma placa toponímica, e por fim um com um almoço comemorativo do 94.º aniversário de Mário Soares, onde várias pessoas discursaram e recordaram algumas histórias, entre elas, o filho do homenageado, João Soares, que posteriormente ao descerramento da placa toponímica aproveitou a ocasião para elogiar a Biblioteca Municipal da Figueira da Foz, e deixou a promessa de «regressar para a ver com mais atenção», e «deixar também alguns livros» para enriquecimento do espólio desta. 

Durante o almoço de homenagem, realizado no Restaurante «Teimoso»,  no seu seu discurso João Ataíde, Presidente da CMFF, destacou aquilo que chamou de «o reencontro, da vontade da Figueira da Foz em atribuir um nome de uma rua importante a Mário Soares, e também da aceitação que este tinha por este gesto». O autarca confessou também que «o que mais admirava em Mário Soares era a tolerância, porque é a matriz de todos os seus atributos, tanto na vontade como afirmação democrática, e defesa dos direitos inerentes à liberdade».


António Campos (um dos fundadores do PS), começou por elogiar «o trabalho que toda a comissão teve para conseguir concretizar a homenagem» e destacou «a importância da memória, que deve ser avivada, para que ninguém se esqueça do passado, e da importância do que custou ganhar a liberdade, assim como da dimensão histórica de Mário Soares, o qual quando é recordado, está-se também recordar a história de um país». João Soares,  começou por falar sobre as detenções do seu pai, que foi «das pessoas que mais vezes foi presa durante a ditadura (13 detenções) e nunca deixou de ter um sorriso e uma satisfação, que eram antecipação da vitória sobre os energúmenos da ditadura, e tanto eu como a minha família tentamos seguir e honrar aquilo que é a tradição do meu pai» referiu o filho do homenageado. Referindo ainda que «além de preso, foi torturado várias vezes, e apesar de viver mais anos em ditadura do que em democracia, ele foi sempre fiel aos seus valores» terminando com um agradecimento á Figueira da Foz, que considerou ser «uma terra socialista como poucas em Portugal».


Carlos Monteiro (vice-presidente da CMFF), Carlos Beja, João Ataíde (Presidente da CMFF), José Esteves (Presidente JF Buarcos), João Soares, Fernando Tavares (Presidente da JF Tavarede), José Duarte (Presidente de Assembleia Municipal na Figueira da Foz
Também o Primeiro Ministro e Secretário Geral do PS, António Costa, deixou uma mensagem, apesar de não ter estado presente, na qual assinala «o facto da homenagem se realizar na Figueira da Foz, terra de tão grandes tradições socialistas e democráticas» refere o Primeiro Ministro. Esta homenagem foi organizada por uma Comissão Organizadora constituída por Lucas dos Santos, Carlos Beja, Carlos Monteiro, Rosa Pita e Gilberto, estiveram presentes nas homenagens, cerca de 150 figueirenses e socialistas. Recorde-se que já no ano de 2010, foi atribuída a chave de honra da Cidade da Figueira da Foz, a Mário Soares. 








Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto