Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

15 de maio de 2019

Risco de queda de pedras leva ao encerramento de caminho que passa por pedreira no Cabo Mondego

Foto de Fiveprime





O Município da Figueira da Foz informou através de nota de imprensa que «no âmbito do Plano de Intervenção nas Pedreiras em Situação Crítica, aprovado na reunião de Conselho de Ministros de 7 de Fevereiro de 2019, a pedreira Cabo Mondego Norte, com a situação de atividade suspensa e responsabilidade da Cimpor foi identificada como uma pedreira que comporta situações críticas para pessoas e bens. Concretamente, perigos de quedas ou acidentes decorrentes da existência de frentes com inclinação superior ao declive natural, desníveis de cota acentuados, ausência de vedação total e a necessidade de realizar intervenções de carácter estrutural». 


«Foi efetuada uma vistoria ao caminho que passa pela pedreira, vulgo “enforca cães”, tendo-se verificado quatro situações de risco elevado: queda de pedras; curvas em cotovelo sem proteção; um talude erodido pelo mar e risco de escorregamento. Pelo que, até que se verifiquem as correções das situações assinaladas e o seu risco minimizado, a estrada deverá estar encerrada à circulação pública. O Município da Figueira da Foz, está a ultimar o pedido de estudo ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) para, não só resolver as questões levantadas nesta última vistoria, como analisar as condições e intervenções necessárias, para tornar possível a ligação entre Buarcos e Murtinheira. Este território é de uma importância extrema para o nosso Município, pois tem um interesse geológico reconhecido mundialmente, um interesse de arqueologia industrial único no nosso país, onde existiram as primeiras minas de carvão nacionais, para além de todo o potencial turístico, paisagístico e ambiental» acrescenta ainda a mesma nota.



 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © Foz ao Minuto