Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

21 de janeiro de 2019

«PSD já não é, nem nunca foi, verdadeira oposição» - CDS-PP/Fig.Foz reage à retirada de confiança política aos 2 vereadores do PSD e pede eleições intercalares



Através de nota de imprensa, assinada por Miguel Mattos Chaves, o CDS-PP da Figueira da Foz reagiu à retirada da confiança política dos vereadores do PSD, e pede ao executivo que convoque eleições autárquicas intercalares, leia na íntegra:



«Como Presidente do CDS-PP da Figueira da Foz e espectador e interveniente atento do que se passa no Concelho, fui há pouco surpreendido pela decisão anunciada na Reunião de Câmara, pelo Presidente da Câmara, de que dois dos Vereadores do partido da oposição deixaram de representar o mesmo. Fico ainda mais surpreendido quando os dois Edis visados mostraram total desconhecimento da decisão tomada pelo partido que até ao momento representavam. É de lamentar que a oposição à governação do PS neste concelho esteja mais preocupada em contendas internas do que em fortalecer a tão necessária oposição a quem atualmente nos governa! O resultado desta atitude é que foram sendo tomadas medidas bem gravosas para o Concelho e para os seus Cidadãos. Sistematicamente o PSD tem preferido a abstenção nas suas intenções de voto quando a verdadeira oposição devia ter sido clara! Ficou-se pelas meias tintas para não afrontar os interesses do PS e do seu Presidente de Câmara. Relembramos ainda que o atual presidente concelhio do PSD e também Vereador, foi em 2009 um dos grandes apoiantes da candidatura do actual Presidente, pelo PS. Assim, volvidos quase 10 anos nada parece ter mudado e o apoio e lealdade mantém-se! Lamentamos que essa lealdade não se mantenha para com os votos dos Cidadãos que elegeram uma oposição inteiramente do PSD neste município. Quando por iniciativa própria o PSD passa a partido ainda mais pequeno da oposição, com apenas um vereador, percebe-se claramente que PS e PSD estão mais entretidos com as questões internas dos seus dirigentes, do que em ajudar a resolver os problemas dos cidadãos do Concelho da Figueira da Foz, O CDS entende que os votos dos cidadãos da Figueira da Foz estão desvirtuados da sua intenção de criar uma oposição unitária ao executivo camarário. Assim o CDS-PP, como já acontece ao nível do governo da nação, vem assumir-se como a verdadeira alternativa e oposição para o concelho da Figueira da Foz! Nós, mesmo sem assento nas Câmara ou na Assembleia, temos sistematicamente feito uma oposição digna e consistente a quem atualmente nos governa. Uma coisa é certa, o PSD não é verdadeiramente o Partido da Oposição que os Figueirenses precisam e o PS nada tem feito pelo Progresso do Concelho da Figueira da Foz. Nesta linha de verificação da realidade, resta-nos ser consequentes na defesa dos Cidadãos do Concelho da Figueira da Foz e lançar um desafio público, ao Presidente da Câmara Municipal. Senhor Presidente, em nome da democracia, em nome da transparência que deve presidir ao Governo das Autarquias e em nome da defesa do bom nome do Sistema Partidário, (cuja popularidade está muito em baixo) convidamos V. Exa, acompanhado dos Vereadores que restam, a demitir-se e a convocar Eleições Autárquicas Intercalares. Fazemos este desafio pois verifica-se que o Executivo Municipal já não representa na totalidade a Vontade dos Figueirenses, expressa nas eleições de Outubro de 2017. É este o pedido e o desafio que lhe lançamos em nome de muitos milhares de cidadãos da Figueira da Foz que estão crescentemente descontentes com o desempenho da CMFF e que, a partir de hoje, deixam de ter a representação política original que escolheram, no seio da Vereação, prejudicando com isso a Democracia do nosso Concelho».

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI
Copyright © Foz ao Minuto