Agrupamento de Escolas Figueira Mar visitou a Cinemateca Nacional, o Museu do Cinema, o Arquivo Municipal de Lisboa e o Arquivo Fotográfico



No dia 25 de janeiro, alguns elementos da equipa das Bibliotecas Escolares das Escolas Infante D. Pedro e Bernardino Machado, acompanhados de outros professores e funcionários do Agrupamento de Escolas Figueira Mar, participaram numa formação em contexto, no âmbito das bibliotecas, destinada a vários técnicos do Município da Figueira da Foz. 


Esta iniciativa, que consta do Plano de Atividades do Grupo de Trabalho Concelhio, contemplou uma ida à cidade de Lisboa, para conhecer a Cinemateca Portuguesa e o Museu do Cinema, de manhã, e o Arquivo Municipal de Lisboa e o Arquivo Fotográfico, no período da tarde. Num primeiro contacto com a Cinemateca, o que mais impressionou foi a beleza e a arquitetura do edifício, que data de finais do século XIX, sendo de inspiração mourisca. O grupo foi recebido na Cinemateca pela responsável do Centro de Documentação, Teresa Borges, que, de forma apaixonada, deu a conhecer a história deste organismo desde a sua fundação até ao momento presente, fazendo referência aos quatro diretores da Cinemateca responsáveis pelo acervo, que deram prioridade à preservação do cinema português, pelo grande significado que o mesmo tem para o país. Os professores e funcionários figueirenses visitaram a sala de leitura e de consulta, bem como algum do acervo existente, tendo sido dada relevância a alguns exemplares do “Jornal do Cinema”, editado na Figueira da Foz a partir de 1929. No final, houve a oportunidade de admirar coleções de equipamentos, desde o período de pré-cinema (Lanterna Mágica) até aos dias de hoje. No período da tarde, decorreu a visita ao Arquivo Fotográfico de Lisboa, na Rua da Palma, freguesia dos Anjos, onde estava patente uma exposição fotográfica privada, de Helena Corrêa de Barros, intitulada “Fotografia, a minha viagem preferida” (1910-2000), constituída por álbuns, negativos a preto e branco e diapositivos a cores retratando a sua história pessoal e as diversas viagens feitas ao longo da vida. Docentes e funcionários visitaram ainda uma exposição de máquinas fotográficas antigas assim como a sala da biblioteca, onde foram mostradas as possibilidades de acesso ao material em arquivo e explicada a forma como é recuperado material fotográfico de importância cultural e histórica.


Publicar um comentário

0 Comentários