Montemor-o-Vellho:“A Feira” tomou conta do XXI Festival de Folclore de Santo Varão






No dia 6 de julho, o adro da Igreja Matriz de Santo Varão encheu-se de animação e cultura com o XXI Festival Nacional de Folclore do Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego (RFCBM) - Santo Varão. Pedro dos Santos, coordenador do RFCBM – Santo Varão, ao reiterar as palavras proferidas na edição anterior – “Hoje não se realiza apenas um festival de folclore, mas realiza-se um festival com folclore e etnografia” –, deu as boas-vindas a todos os participantes e solicitou, ao muito público presente na sessão de boas-vindas, “um forte aplauso como lembrança, memória e respeito por todos os folcloristas, associados, amigos e companheiros do movimento que já partiram, mas que não estão e nem serão esquecidos”. “O RFCBM – Santo Varão, além de diversão e lazer, tem como propósito servir a comunidade e respeitar a memória individual e, acima de tudo, a memória coletiva da freguesia”, reforçou. O presidente da Junta de Freguesia de Santo Varão, João Girão, congratulou-se “por poder continuar a apoiar o Centro Beira Mondego e a realização do festival” e desejou que os grupos participantes “tenham vontade de regressar à freguesia e ao concelho”. De igual modo, a adjunta do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Delmina Leitão, ao reconhecer “a importância e o trabalho que é feito pelo RFCBM”, referiu: “É muito importante relembrar quem se dedicou ao folclore e, por isso, recordo Fátima Verão, uma pessoa que era muito querida em Pereira e Santo Varão”. “Desejo que o festival decorra melhor forma possível e que se repita por muitos anos”, reforçou. Na ocasião, Rosa Simões, presidente do Centro Beira Mondego, e Tânia Gabriel, representante da Federação do Folclore Português, deixaram palavras de incentivo à formação anfitriã e desejaram que as diversas instituições continuem a promover o folclore e a etnografia nacionais. À semelhança das anteriores edições, o festival decorreu sob um tema e, este ano, A Feira – “Quarta-feira Solteira é quarta-feira sem Feira!” relembrou as tradições de antanho da freguesia de Santo Varão e da Feira do Ano, em Montemor-o-Velho. Antes da entrega de lembranças aos grupos e entidades presentes – feitas por artistas autodidatas da freguesia (Rute Moreira e Madalena Baptista,) Maria Cordeiro, elemento do RFCBM, fez o enquadramento da temática do festival de 2019 e surpreendeu o público que encheu a sala do Centro Cultural de Santo Varão. Recorda-se ainda que antes da sessão de boas-vindas decorreu uma oficina de dança aberta ao público e protagonizada pelos grupos participantes. À noite, o folclore e a etnografia tiveram honras de destaque com o Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego – Santo Varão, o Rancho Folclórico da A. dos Amigos de Vilarinho das Quartas – Soajo, de Arcos de Valdevez, o Rancho Folclórico Os Camponeses de Santana do Mato, de Coruche, o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Arouca, de Arouca, e o Grupo Folclórico e Etnográfico Amigos do Montenegro, de Faro, encantarem o muito público presente no XXI Festival Nacional de Folclore do RFCBM - Santo Varão.

Publicar um comentário

0 Comentários