Montemor-o-Velho: Espírito de Comunidade continua presente na Rua das Parreiras





O 9º Encontro da Rua da Parreiras, em Montemor-o-Velho, no dia 6 de julho, voltou a reunir muitos amigos, moradores, ex-moradores para mais um animado momento de partilha e confraternização. O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, acompanhado da adjunta Delmina Leitão, fez questão de se associar à iniciativa, recordou a época em que foi morador da rua e, ao saudar a comissão organizadora de 2019, sublinhou: “É com muito gosto que constato que a tradição continua, sendo um dos poucos convívios de rua que ainda sobrevive”. “Este é um convívio que é de preservar uma vez que promove um espírito de comunidade”, reiterou. Bastante satisfeita com a adesão demonstrada, Manuela Costa, em representação da comissão composta também por Bruno Costa e Rui Couceiro, referiu: “Apesar do trabalho, é muito gratificante organizarmos uns festejos que contam com a participação de todos, que servem para reunir a comunidade e para juntar toda a gente na nossa festa”. A animação ficou a cargo de Nelson Cabral e António Augusto. Para as próximas edições, os organizadores levam duas recordações do encontro de 2019: a bandeira oficial da “Festa da Parreiras” e o totem das festividades que, a cada edição vai ganhar fitas coloridas. Este ano, foram amarelas e pretas, as cores da bandeira do município de Montemor-o-Velho.

Publicar um comentário

0 Comentários