Pedro Pinto é candidato à Junta de Freguesia de Alqueidão pelo PSD



A candidatura “Pedro Machado - Figueira do Futuro” à Câmara Municipal da Figueira da Foz apresentou o seu cabeça-de-lista à Junta de Freguesia de Alqueidão.

 

A aposta recaiu em Pedro Pinto, de 33 anos, gestor de produto numa empresa alimentar da região e com formação em gestão e produção de cozinha.

 

Pedro Pinto está há muito ligado ao associativismo e à dinamização da freguesia de Alqueidão. “Cresci e fui dirigente na Casa do Povo de Alqueidão, onde além de atleta exerci funções na vice-presidência e na direção desportiva da instituição. Nestes cargos, procurei sempre ser mobilizador e dinâmico nos eventos e nas atividades que desenvolvi. É esse dinamismo e essa proatividade que pretendo agora pôr ao serviço da freguesia”, diz Pedro Pinto.

 

“Tenho como objetivo prioritário desta minha candidatura trabalhar, com a ajuda de todos, para criar condições que atraiam as gerações mais novas à freguesia, para que se sintam encorajadas a estabelecerem-se e a instalarem aqui os seus negócios. Quero também olhar de forma muito atenta para o setor agrícola, especialmente para a produção de arroz, criando serviços comunitários que apoiem os agricultores e, paralelamente, desenvolvendo rotas e atividades lúdicas ligadas ao cultivo do arroz, que tragam visitantes e estimulem a economia local”, descreve o candidato.

 

Na apresentação, Pedro Machado, líder da candidatura “Figueira do Futuro”, explicou que a escolha de Pedro Pinto vem ao encontro das políticas que a candidatura pretende imprimir nas freguesias mais rurais. “O setor agrícola tem uma importância decisiva para este território e, infelizmente, não tem sido devidamente valorizado ao longo dos anos. Numa economia competitiva e cada vez mais global, é fundamental defender e estar ao lado deste setor. Por outro lado, há nesta freguesia oportunidades a nível do ecoturismo e do turismo da natureza que podemos e queremos desenvolver com o Pedro Pinto”, sublinha Pedro Machado.


Publicar um comentário

0 Comentários