Pombal: Resgate de tartaruga de faces rosadas

 


O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Proteção do Ambiente (NPA) de Pombal, no passado dia 14 de março, resgatou uma tartaruga de faces rosadas, Trachemys scripta elegans, no concelho de Pombal. 

Na sequência de um alerta por parte do grupo “Amigos do Arunca”, integrado no Grupo de Proteção da Sicó (GPS), a dar conta que se encontrava o espécime no Rio Arunca, nas imediações da cidade de Pombal, os elementos do NPA procederam à recolha da tartaruga de faces rosadas, tendo sido entregue no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) do Centro, na Mata do Choupal de Coimbra. 

A GNR recorda que, «por lei, ninguém pode manter, criar ou comercializar um exemplar desta espécie. Tratando-se de uma espécie invasora com poucos predadores naturais em Portugal, a tartaruga de faces rosadas reproduz-se muito facilmente em estado selvagem, podendo tornar-se um fator de ameaça para a sobrevivência das tartarugas autóctones, uma vez que estão a competir pelo mesmo alimento, e porque podem alterar a genética das restantes espécies». 

A Guarda Nacional Republicana, através do Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), tem como preocupação diária a proteção dos animais, apelando à denúncia de situações de âmbito ambiental. Para o efeito, poderá ser utilizada a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) funcionando em permanência para a denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Publicar um comentário

0 Comentários