PJ do Centro deteve homem de 33 anos pela prática de vários crimes de burla qualificada e falsificação de documentos



A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP de Coimbra, no dia 27.10.2020 deteve um homem, solteiro, de 33 anos de idade, pela presumível prática de vários crimes de burla qualificada e falsificação de documentos.

 

«No âmbito da investigação a Polícia Judiciária apreendeu vários documentos usados na prática dos crimes e apurou a existência de diversas vítimas na região centro do país, que terão sido enganadas em valor próximo de 30.000 euros» informa a PJ através de nota de imprensa..

 

«O suspeito, após ter conhecimento da venda dos artigos em sites na internet, abordava as vítimas e convencia-as a entregarem-lhe esses bens, na sequência de exibição àquelas de comprovativos de transferências bancárias falsificados, de molde a dar a aparência de ter transferido para as respetivas contas os montantes devidos a título de preço, bens esses que a seguir vendia.

 

O detido foi presente às autoridades judiciárias para ser sujeito a primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações bissemanais no órgão de polícia criminal da área de residência» informa a PJ do Centro através do referido comunicado.

Publicar um comentário

0 Comentários