Campo do Grupo Desportivo Cova Gala vai ter relvado sintético




Foi assinado na manhã de ontem, segunda-feira, no campo de jogos do Cabedelo, um protocolo de colaboração entre o Município da Figueira da Foz, o Grupo Desportivo Cova Gala e a Freguesia de São Pedro, que visa a construção de um campo de jogos de relva sintética.     



André Mora, Presidente do Grupo Desportivo Cova-Gala, referiu que o Clube, que assinala na próxima semana 43 anos de história, com atividade interrupta, sempre sentiu um “sufoco” por não ter as condições necessárias para conseguir captar mais jovens. 

Hoje, com o protocolo assinado para a intervenção de um relvado sintético e com balneários e respetiva sede intervencionadas “com muito trabalho”, o Cova Gala sente-se motivado para continuar a sonhar.    Por sua vez, o presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, António Salgueiro, revela que se trata de um dia “bastante importante”, por se estar a proceder à "revitalização” daquele grupo desportivo.

     Também o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Carlos Monteiro, se mostrou satisfeito por se estar a caminhar para ter um “equipamento desportivo digno e apetecível para os jovens", dando a “merecida e justa qualidade” para aquela freguesia do lado sul do concelho.    

O edil afirmou ainda que São Pedro tem sido uma freguesia que cada vez mais tem valorizado quem lá habita, tendo para isso trabalhado em projetos como o Centro Escolar e a primeira fase de intervenção do Cabedelo (que se encontra 2 em vias de conclusão) e lembrou que a segunda fase do projeto já se encontra autorizada.     


A construção do campo de relva sintética tem, para a Autarquia, um custo de cento e vinte mil euros, de vinte mil euros para o Grupo Desportivo Cova Gala e de quinze mil euros para Junta de Freguesia de São Pedro, devendo começar a ser intervencionado ainda durante o ano de 2020.

Publicar um comentário

0 Comentários