Detido incendiário florestal em Coimbra




A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração da PSP de Coimbra e do Grupo de Trabalho para a Redução das Ignições em Espaço Rural, do Centro, deteve um homem de 42 anos, desempregado, pela presumível prática do crime de incêndio florestal, ocorrido no dia 24.08.2020, cerca das 15h30m, na cidade de Coimbra. O suspeito, presumindo-se que com uso de chama direta, ateou um incêndio em zona de terreno inculto, povoado com mato, pinheiro e árvores, próximo de habitações, dentro da zona urbana da cidade de Coimbra, que teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros. A atuação do suspeito colocou em perigo habitações, assim como a integridade física e a vida de pessoas. O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

Publicar um comentário

0 Comentários