Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

11 de janeiro de 2020

Montemor-o-Velho: Santa Casa da Misericórdia da Vila de Pereira renova “a capacidade de sonhar”





No dia 10 de janeiro, realizou-se, na Igreja da Misericórdia de Pereira, a cerimónia da tomada posse dos Órgãos Sociais da Santa Casa da Misericórdia da Vila de Pereira (SCMVP) para o quadriénio 2020-2023. Com palavras de elogio à equipa dirigida pelo provedor da SCMVP, Adérito Galvão, entre 2016 e 2019, o Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, mostrou-se “muito orgulhoso do trabalho feito”, tendo também aproveitado para lembrar “o papel importante, o sonho e ambição” do antigo provedor, Salvador Félix, falecido recentemente. Ao destacar “um trabalho muito bem estruturado, notável e cheio de coragem” feito por Adérito Galvão no primeiro mandato, Emílio Torrão desejou ao provedor, que inicia um segundo mandato, e à sua nova equipa, um percurso repleto de sucessos. Na ocasião, o edil montemorense aproveitou ainda para agradecer publicamente “a disponibilidade da SCMVP para com a Câmara Municipal e a todos os pereirenses por terem respeitado as indicações” na altura das cheias, assim como se mostrou disponível para continuar a apoiar a secular instituição pereirense, nomeadamente na recuperação do seu património. “Temos que colocar esta igreja no lugar que ela merece. É uma das igrejas mais bonitas do concelho e tem um conjunto de atributos que são únicos”, reforçou. De igual modo, o presidente da Junta de Freguesia de Pereira, António Ferreira, reiterou os elogios à equipa da SCMVP “pelo belíssimo trabalho que tem desenvolvido” e mostrou-se disponível “para continuar a colaborar com uma instituição tão importante para a freguesia”. Ao iniciar um novo ciclo que “aposta na continuidade de todo o trabalho realizado nos últimos quatro anos”, Adérito Galvão lembrou o período muito difícil da instituição, o trabalho feito e sublinhou: “Embora a SCMVP, neste momento, se encontre numa situação financeira estável, ainda existe um longo caminho a percorrer de forma a atingir a situação ideal”. O provedor da SCMVP agradeceu o apoio de todos, deixando também uma palavra especial à “Câmara Municipal, na pessoa do seu Presidente” pela comparticipação nas obras de arranjo exterior da Igreja da Misericórdia. Depois de enumerar as diversas intervenções no Centro de Dia, na Unidade de Cuidados Continuados, nos espaços dedicados à infância e de explicar algumas das medidas financeiras tomadas, Adérito Galvão encara o futuro com confiança e prudência. “Para os sonhos passarem da intenção à realidade, teremos de continuar a dar o nosso melhor, a lutar contra as adversidades e a procurar sempre a excelência, porque a nossa capacidade de sonhar, de acreditar, não deve ter limites”, reforçou. A rentabilização do espaço da Unidade Cuidados Continuados, a recuperação da casa do antigo hospital e a renovação da irmandade da Misericórdia são alguns dos propósitos para os próximos quatro anos. 

Santa Casa da Misericórdia da Vila de Pereira (SCMVP) Órgãos Sociais 2020-2023


Assembleia Geral

Presidente – Camilo Lourenço
Vice-presidente – Salvador Simões Félix
Secretária – Gina Almeida

Mesa Administrativa
Provedor – Adérito Galvão
Mário Pereira Soares
Francisco Góis
Rui Almeida
António Ramalhete

Conselho Fiscal
Presidente – António Torres
Vice-Presidente – Arnaldo Nobre
Secretário – António Coutinho

Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Mais recentes em destaque

Direitos de Autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.

Copyright © Foz ao Minuto