Montemor-o-Velho: Encontro Concelhio de Folclore assinala 100 anos do Rancho das Cantarinhas de Abrunheira






No dia 5 de maio, foi dado o arranque oficial das comemorações dos 100 anos do Rancho das Cantarinhas Flores das Tricanas de Abrunheira (seção de folclore da FIRA – Filarmónica Instrução e Recreio de Abrunheira), no Parque Dr. António J. Simões, na Abrunheira, com o Encontro Concelhio de Folclore - Abrunheira'2019 Organizada pela FIRA e com os apoios institucionais da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho e da União de Freguesias de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca (UFAVVNB), a iniciativa reuniu oito grupos do concelho - Rancho das Cantarinhas Flores das Tricanas de Abrunheira, Grupo Folclórico da Vila de Pereira, Rancho Folclórico da Carapinheira, Rancho Folclórico Amores Perfeitos do Bebedouro, Grupo Folclórico da ACDR das Meãs, Grupo Folclórico da Ereira, Rancho Folclórico e Regional do Seixo e Rancho dos Malmequeres de Reveles – numa tarde de celebração do folclore e da etnografia. No decorrer da cerimónia de abertura, o presidente da UFAVVNB, Carlos Alves, acompanhado Avelino Pagaimo, secretário da UFAVVNB, deixou palavras de agradecimento aos grupos participante e ao público, aproveitando para endereçar parabéns ao grupo anfitrião e para referir que as comemorações de aniversário vão decorrer até setembro. De igual modo, Bruno Reis, presidente da FIRA, reforçou: “Não se fazem 100 anos todos os dias. Esta é uma data tão bonita e marcante que é com muito gosto que começamos a sua celebração com um evento que foi retomado no ano passado em Pereira. Desejamos que saiam da Abrunheira com outro ânimo depois de assistirem e participarem no Encontro Concelhio de Folclore - Abrunheira'2019”. Com palavras de elogio à organização e aos grupos participantes, o vereador Décio Matias, ao desejar “uma excelente tarde de cultura e de folclore”, frisou: “Parabéns por manterem esta cultura viva no concelho. Trazer as memórias é respeitar o passado, é saber estar no presente e perspetivar, pela juventude que também trazem, o nosso futuro e o dos mais jovens. Relembrar é sempre bom porque quando não sabemos onde andamos não sabemos para onde é que vamos”. “Muito obrigado pelo que dão ao concelho. Só é possível fazer este Encontro Concelhio de Folclore porque vocês trabalham todos dos dias para que isso aconteça”, reforçou. Antes da atuação dos grupos e ranchos participantes, foram entregues as lembranças que assinalam a edição de 2019 do Encontro Concelhio de Folclore. Recorda-se que a iniciativa começou com um animado almoço de confraternização.

Publicar um comentário

0 Comentários