Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

14 de fevereiro de 2019

Veradores Miguel Babo e Carlos Tenreiro defendem «abertura das estradas da S.Boa Viagem de acesso à Capela e Bandeira»



Na próxima  Reunião da Câmara Municipal da Figueira da Foz a realizar no dia 18 de Fevereiro os vereadores Miguel Babo e Carlos Tenreiro irão apresentar a proposta para «abertura das estradas da S.Boa Viagem de acesso à Capela e Bandeira».

Leia na íntegra a nota de imprensa, emitida pelos dois vereadores:




«A Serra da Boa Viagem é considerada como um dos principais destinos de atracção turística do concelho, onde se destacam dois pontos de visita de excelência: Miradouro da Bandeira e a Capela de Santo Amaro; Há mais de 4 meses que o acesso rodoviário ao Miradouro da Bandeira e Capela de Santo Amaro se encontram vedados ao público por força da ocorrência da tempestade Leslie que causou a queda de inúmeras árvores nas estradas de acesso aqueles locais; Não obstante as iniciativas que têm sido tomadas pela CMFF no sentido de ver desbloqueada a referida situação, sabendo-se que a área de jurisdição da Serra da Boa Viagem pertence ao ICNF, certo é, que até ao momento, sem que exista uma justificação plausível, nada foi feito para inverter a situação; As referidas rodovias de acesso aqueles dois pontos de visita turística na Serra da Boa Viagem tinham sido recentemente objecto de intervenção pela CMFF, através de obras de reparação do piso com colocação de novo asfalto e sinalização horizontal e vertical;
Por outro lado, o prolongar do período de tempo com as referidas árvores tombadas e mortas naquele local, em avançado estado de putrefacção, contribui para a propagação de pragas e doenças, atingindo a biodiversidade ali existente, em organismos que não possuem defesas ou mecanismos naturais de controle biológico, determinando graves questões de saúde publica com elevado risco para plantas e animais. Sabendo-se que o número de árvores tombadas localizam-se numa extensão inferior a 1,00 km e são susceptíveis de remoção num período de tempo máximo duma semana, é inadmissível que ao fim de 4 meses nada tenha sido feito para inverter a referida situação. Toda esta factualidade é, por si só, causadora de inúmeros e avultados danos em termos turísticos, ambientais e de saúde pública, com consequentes e graves prejuízos para o desenvolvimento socio-económico do concelho.
É da competência da Câmara Municipal da Figueira da Foz, entre outras, •Regular e fiscalizar o trânsito rodoviário •Garantir o cumprimento das normas e estacionamento de veículos e de circulação rodoviária •Defender o meio ambiente, promover a manutenção das condições de higiene e salubridade dos espaços públicos •Assegurar o levantamento, classificação, administração, manutenção, recuperação e divulgação do património natural, cultural, paisagístico e urbanístico do município Assim, Temos a honra de propor que a Câmara Municipal da Figueira da Foz no uso das suas atribuições e competências delibere pela tomada de um conjunto de acções e medidas de carácter urgente, de forma a serem removidas as árvores mortas, em avançado estado de putrefacção que se encontram tombadas no troço de estrada que dá acesso à Capela de Santo Amaro e Miradouro da Bandeira, numa extensão inferior a 1,00km, desimpedindo, assim, a referida rodovia, naquela área, restabelecendo e assegurando a respectiva circulação rodoviária em segurança, tudo em prol da defesa de questões de ordem ambiental, saúde pública, segurança rodoviária e divulgação do património natural, cultural e paisagístico do concelho».

Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto