Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

18 de fevereiro de 2019

“Santos Rocha e o Território de Montemor-o-Velho” em destaque na BMAD



No dia 16 de fevereiro, a arqueologia foi o mote para uma tarde de (re)descoberta, aprendizagem e partilha na BMAD – Biblioteca Municipal de Montemor-o-Velho. “Santos Rocha e o Território de Montemor-o-Velho” lembrou o percurso e os achados do reconhecido arqueólogo figueirense, mas também os trabalhos arqueológicos levados a efeito pelo Municípios de Montemor-o-Velho, em 2014. 


“É com muito gosto que continuamos a promover a divulgação do conhecimento sobre a riqueza do nosso território. Desejo que seja uma jornada enriquecedora para todos e aproveito para destacar ainda a importância do desenvolvimento de ações de parceria, nomeadamente com o Museu dr. Santos Rocha, possibilitando momentos de culturais mais ricos e proveitosos”, sublinhou Delmina Leitão, adjunta do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, na abertura da sessão que reuniu dezenas de participantes. A iniciativa começou com a abertura da exposição composta por materiais arqueológicos provenientes de locais do concelho de Montemor-o-Velho visitados e estudados por Santos Rocha, assim como com o resultado de escavações arqueológicas realizadas pelo Município Montemorense junto à Capela da Sra. do Desterro, em 2014. Na comunicação “Santos Rocha e o Baixo Mondego: notas biográficas”, Ana Margarida Ferreira, do Museu Municipal dr. Santos Rocha, da Figueira da Foz, apresentou os principais aspetos da vida e obra do arqueólogo, e colocou em evidência sua importância para a época. Por sua vez, “Nossa Senhora do Desterro: Uma villa romana do Século I no Baixo Mondego”, foi a apresentação efetuada por Flávio Imperial, arqueólogo do Município de Montemor-o-Velho, tendo apresentado alguns dos aspetos mais relevantes das sondagens efetuadas em 2014. Ao avançar que “algumas das peças patentes na exposição estão a ser apresentadas pela primeira vez ao público”, Flávio Imperial referiu: “Esta iniciativa e esta exposição pretende, sobretudo, mostrar a importância de Santos Rocha para o início do conhecimento dos sítios arqueológicos do Baixo Mondego, nomeadamente em Montemor-o-Velho”. De entrada livre, a exposição "Santos Rocha e o Território de Montemor-o-Velho" vai estar patente até 15 de março, de 2ª a 6ª, entre as 10 e as 18h, na BMAD.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI
Copyright © Foz ao Minuto