Canoagem: Medalha de Honra ao Mérito Desportivo e Gala dos Campeões 2018



A Federação Portuguesa de Canoagem foi premiada com a Medalha de Honra ao Mérito Desportivo, uma das mais altas condecorações desportivas nacionais. A entrega da distinção foi feita por Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, durante a Gala dos Campeões 2018, realizada em Coimbra, no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV). 

A Medalha de Honra ao Mérito Desportivo pretende galardoar individualidades e coletividades nacionais ou estrangeiras pelos serviços prestados em prol do desporto nacional e pela continuidade ou repetição de ações ou factos relevantes, prestigiando o desporto português e o nome do país. «Esta medalha é vossa e esta medalha é por tudo aquilo que o país deve à canoagem», afirmou o governante, que tutela a área do Desporto e que se disse «apaixonado» pela canoagem, no discurso que antecedeu a entrega da distinção. Feita sem aviso prévio, o que acabou por surpreender todos os que lotaram o TAGV, o ministro chamou Vítor Félix, presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, ao palco para receber a condecoração. O ministro admitiu que a canoagem portuguesa «já é uma potência mundial e uma referência nacional quando falamos de modalidades», reforçando a afirmação com «a consistência de resultados ao longo dos últimos anos e a projeção que a canoagem granjeou», antes, ainda, de lembrar «o ano excecional de 2018». Já recomposto da surpresa, no discurso que encerrou mais uma Gala dos Campeões, Vítor Félix agradeceu a condecoração, assumindo tratar-se de «um reconhecimento do trabalho desenvolvido pela família da canoagem». «Foi uma agradável surpresa esta distinção do Governo português», prosseguiu o presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, antes de revelar orgulho por a canoagem nacional ser «uma modalidade de referência».

Publicar um comentário

0 Comentários