Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

FotografiaLDA

27 de setembro de 2018

«É preciso que a JF de Buarcos e S. Julião tenha uma postura razoável e equilibrada» refere o comunicado do PSD/Buarcos e S.Julião




Leia na íntegra a nota de imprensa do PSD/Buarcos e São Julião :



«No dia passado 21 de Setembro, realizou-se a quarta sessão da Assembleia de Freguesia de Buarcos e S. Julião do presente mandato, com a participação de todas as forças políticas eleitas, bem como o respetivo executivo.
O grupo eleito pelo PSD composto por: Bruno Samagaio Reis, Bruno Pais de Menezes e ainda pelos ilustres independentes, João Saltão, António Carvalho e Olímpia Paixão, uma vez mais apresentaram diversas questões relevantes para a nossa freguesia.
Verificamos com satisfação que a Junta de Freguesia liderada por José Tavares (Esteves), tem vindo a pôr em prática diversas recomendações/propostas por nós apresentadas durante a campanha, como é o caso do uso de uma aplicação para telemóvel visando a sinalização de problemas e desconformidades, pavimentação da Rua D. Maria, intervenção no balneário devoluto da praia de Buarcos e por último a intervenção de requalificação da Rua dos Pescadores. Nesta última, a nossa proposta consistia em otimizar/requalificar o Largo Casal da Areia, contemplando mais lugares de estacionamento, por forma a compensar eventual perda de lugares, devido ao alargamento de passeios naquela artéria tão pitoresca da Praia de Buarcos.
Devemos ainda recordar que em sessão anterior, o eleito João Saltão já havia apresentado um requerimento que visava a colocação de informação técnica exterior, no sentido de apresentar a obra aos fregueses, situação que não se verificou. Aliás, foram também apresentados outros dois requerimentos idênticos, um para fixação de informação exterior relativa ao PEDU das praças nova e velha, para o qual todavia não se obteve resposta, e um outro apresentado pelo eleito Bruno Samagaio Reis, relativo ao PEDU da frente marítima de Buarcos, que efetivamente mereceu resposta, com a colocação de outdoors informativos, que deram a oportunidade aos munícipes e veraneantes de conhecerem os contornos gerais do projeto.
Foram ainda colocadas diversas questões, relativas aos estacionamentos na praça nova e velha, muito em especial na zona do café brasil, onde o eleito Bruno Pais de Menezes considerou que estes locais vão ficar amplamente prejudicados com a presente intervenção, considerando que o município deveria ter consultado previamente os comerciantes e moradores. 

Foram feitos alguns reparos ao nível da conservação dos monumentos, dado que muitos deles se encontram em mau estado de conservação, o que em nada dignifica o património da cidade. Ainda no âmbito da sua intervenção, focou o estado de limpeza e ordenamento da praia, que considerou pouco dignificante e respeitador do passado glorioso da praia da claridade. A terminar solicitou que o processo de inscrição dos fregueses com vista à participação nas Assembleias de Freguesia, fosse mais simples sugerindo também que as reuniões fossem transmitidas em direto, via facebook, no sentido da junta se aproximar dos seus fregueses, muito em especial por via das novas tecnologias.

No seguimento das diversas intervenções, o eleito Bruno Samagaio Reis, (que entretanto enviou uma carta ao executivo da J.F., no sentido do executivo tomar diligências para apurar a veracidade dos rumores que vieram a público, relativamente ao eventual encerramento do posto do correios dos CTT), considerou que as diligências levadas a cabo pelo executivo da JF, deveriam ter sido direcionadas à Administração dos correios, em vez da chefe do posto local, o que só revela ingenuidade politica e até operacional do executivo liderado por José Esteves

Ainda assim, e por proposta do grupo do PSD, José Esteves reconheceu que o melhor será a Junta de Freguesia em conjunto com a Câmara, enviar uma missiva diretamente à Administração dos CTT, no sentido de obterem os melhores esclarecimentos. 
Pelo bem-estar da população, independentemente das nossas diferenças politicas, estaremos ao lado da JF de Buarcos e S. Julião para tudo o que for necessário, dada a importância/relevância que este assunto tem para a nossa freguesia.
Contudo, exigimos à J.F. que seja ágil e célere para o bem da freguesia.

A recolha do lixo foi novamente referida e a JF deve pressionar o concessionário no sentido de prestar melhores serviços, dado que contínua reiteradamente a verificar-se situações de lixo acumulado e sem recolha por 3 e 4 dias. Se por um lado o esforço reconhecido na instalação das ilhas ecológicas. Constituiu uma boa iniciativa do município (também proposto durante a nossa campanha), por outro lado estes casos da acumulação de lixo são um péssimo cartão-de-visita para a cidade.

Foram ainda efetuadas propostas no foro da prevenção rodoviária, nomeadamente na colocação de barreiras protetoras na frente do parque infantil de Buarcos, dado que por força do novo desenho da estrada, este equipamento fica agora numa curva e a escaços 3 metros da via, estando separado/protegido por uma frágil vedação de madeira.

É preciso que a Junta tenha visão preventiva.
Foi ainda abordada a situação da Rua 5 de Outubro – via das muralhas, que durante o passado período estival manteve-se caótica por força das obras do PEDU e da falta de estacionamento ordenado, onde 10 Anos de mandato do Sr. Presidente da Junta José Tavares (Esteves), ainda não foram suficientes para assegurar o mínimo ordenamento daquela via, e ainda assim, quer apostar apenas na pedonalização, em linha com o projeto do PEDU da frente marítima de Buarcos.
O Grupo eleito pelo PSD acredita numa solução mista e equilibrada, que conserve a muralha, garanta o bem-estar dos moradores, dos fregueses, dos veraneantes e que não colida abruptamente com os interesses dos comerciantes, e nesse seguimento propôs o seguinte:
1- Colocação de sinal de proibição de circulação a velocidades superiores a 10 Km/h, visando manter a circulação pedestre o mais segura possível.

2- Proibição de estacionamento à esquerda da via, no sentido de preservar a muralha como monumento arqueológico de grande relevo patrimonial, cultural, urbanístico e turístico. 
3- Autorização/marcação de estacionamento à direita da via, dado que a total interdição ao trânsito desejada/sonhada por José Esteves, irá proibir os moradores de poderem por exemplo, transportar um idoso, uma criança até à porta de casa, e inclusive os possíveis clientes dos estabelecimentos comerciais, que por ventura, arranjem estacionamento autorizado.

É preciso que a JF de Buarcos e S. Julião tenha uma postura razoável e equilibrada, não pode esquecer em condição alguma, das pessoas que vivem todos os dias, nesta bonita localidade.

Se assim não for, para que que serve esta Junta de Freguesia?»
Bruno Pais de Menezes

Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto