Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

Anuncie AQUI

2 de junho de 2018

Surf nocturno na Praia do Cabedelo vai ser uma realidade


SURF

Realizou-se ontem sexta-feira, nos Paços do Concelho, apresentação pública do projecto de iluminação do Cabedelo (inserido na Requalificação do Cabedelo) no qual a Câmara da Figueira da Foz espera que seja possível tornar possível o "sonho de fazer surf à noite".

"Serão oito torres de iluminação e mais de duas dezenas de projectores com tecnologia LED além do sistema de telegestão que permite monitorizar à distância".
Este é um projecto do arquitecto Miguel Figueira, que foi apresentado pela primeira vez no CAE em 2010, o mesmo foi sofrendo alguns ajustes e actualizações, e em 2017, concorreu ao Orçamento Participativo a nível Municipal, terminando na segunda posição, a escassos votos do projecto vencedor, o que levou o presidente da Câmara, João Ataíde a comprometer-se na execução da obra.

O Engenheiro António Albuquerque, explicou que o projecto já sofreu algumas alterações desde a sua primeira apresentação, e uma dessas alterações passaria pela iluminação LED, outra seria a telegestão das torres de iluminação à semelhança de outros projectos de telegestão já existentes no município, permitindo assim ligar ou desligar as luzes através de uma aplicação de telemóvel.
Para Eurico Gonçalves (SOS Cabedelo), trata-se de «cumprir um sonho antigo de todos os surfistas, alguns não conseguem sair do trabalho às 18h00 ou 19h00 e aproveitar a luz para praticarem surf, e com esta iluminação, já o poderão fazer».
Relembrou também, que a Figueira da Foz vai ser a primeira cidade a ter um projecto desta envergadura, não existindo neste momento nenhum semelhante, e será também uma ideia que vai atrair muita gente para praticar surf na Figueira da Foz.
João Ataíde, Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, em declarações à comunicação social presente referiu que o investimento total na sua primeira fase de intervenção vai custar cerca de 2,6 milhões de euros, estando previstos 50 mil para a iluminação, estando prevista a criação de novos acessos ao local, parques de estacionamento ordenados e uma praça central, além da iluminação.
O mesmo autarca, explicou que a intervenção irá contar com uma comparticipação de fundos comunitários de 85 %, devendo estar terminada no final de 2019. «O Cabedelo é, por definição, uma zona de excelência, uma jóia para o surf que tem de ser trabalhada, mas trabalhada por forma a não estragar", afirmou João Ataíde.
Francisco Rodrigues (Associação Nacional de Surf) afirmou que este projecto vai atrair surfistas de todo o país, e relembrou que hoje foram retirados 200 quilos de plástico da Praia do Cabedelo numa acção de limpeza na qual ANS deu uma ajuda, e mostrou-se optimista com o projecto que está a ser trabalhado.
Esta será uma obra com 50.000 euros de custo e está incluída na intervenção global da requalificação do Cabadelo, tendo inicio no mês de Setembro deste mesmo ano, e espera-se a duração de 12 meses, tendo o custo global de 2.640.000 euros.

Sem comentários:

Enviar um comentário

FotografiaLDA

FotografiaLDA

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

Copyright © Foz ao Minuto