Montemor-o-Velho: 31º Carnaval para a Infância e Juventude reuniu mais de 800 participantes



CARNAVAL



No dia 10 de Fevereiro, o Carnaval voltou a sair à rua em Montemor-o-Velho e a encantar o muito público presente. Numa parceria entre a AFMP – Associação Fernão Mendes Pinto e a Câmara Municipal, a 31.ª edição do Carnaval para a Infância e Juventude juntou mais de 800 participantes.



A iniciativa trouxe muita cor e animação às ruas da vila, mas trouxe também homenagens, agradecimentos e alguns alertas. Visivelmente satisfeitas com o resultado final, Teresinha Santos e Adélia Roxo, os rostos mais visíveis da organização, lembraram a dificuldade em sensibilizar as associações para participar, porém, continuam, com empenho, a conseguir reunir esforços para proporcionar momentos cheios de animação e muita criatividade.

No futuro, as técnicas da AFMP almejam que “todas as crianças do AEMOV – Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Velho e os seus familiares possam participar no Carnaval para a Infância e Juventude”.

“Este ano, quisemos fazer também um agradecimento e uma homenagem aos bombeiros de Montemor-o-Velho e do país por tudo o que passámos no verão passado. Temos que pensar na nossa casa, na nossa floresta e, por isso, quisemos trazer para a rua uma mensagem da paz, do ambiente e da vida”, reforçou Adélia Roxo.

Por sua vez, Teresinha Santos lembrou, por exemplo, que o grupo mascarado de bonecas e de bonecos de trapos “procurou alertar para o tempo que as crianças precisam de ter para brincar”, bem como houve um grupo que trabalhou as emoções e outro que decidiu evocar a doçaria de Tentúgal. Na ocasião, o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, acompanhado do vice-presidente, José Veríssimo, sublinhou: “Quero saudar a AFMP por manter viva esta tradição e aquilo que constatamos é que estamos com muito mais aderentes, com melhor qualidade e muita alegria. Graças a este conjunto de pessoas podemo-nos divertir neste momento de Carnaval”.“Esta é uma parceria que é para continuar”, reforçou.

De igual modo, José Guerra, presidente da AFMP, referiu: “É um contentamento ver a alegria das crianças na rua, num dia que faz parte também nas nossas memórias”.

A 31.ª edição do Carnaval para a Infância e Juventude realizou-se sob o mote “Caminhar ao contrário para além do visível” e contou com a presença do Centros de Atividades de Tempos Livres (CATL) de Montemor, Liceia e Seixo - “Bombeiros Voluntários”, Creches “Cantinho das Cegonhas” e “Fernãozinho” – “Bonecas e Bonecos de Trapos”, CATL Jovem de Montemor e de Arazede – “Alforrecas”, Grupo Dancequi da Associação de Quinhendros – “Portugal, o ambiente e a vida”, Centro Infante D. Pedro – “Pasteleiros(as)”, Jardim-de-Infância da Carapinheira – “Palhaços”, Grupo de Teatro “O Celeiro”, Jardins-de-Infância de Liceia e Gatões – “Carochinha e João Ratão”, Centro Ilda Moreno – “Smiles”, Centro Social Paroquial de Meãs do Campo – “Pintar o presente”, e Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho – “Emojis”.

O desfile passou pela Rua Fernão Mendes Pinto, Largo dos Anjos, Rua Dr. José Galvão, Praça da República, tendo terminado no Anfiteatro Municipal, com o tradicional lanche de confraternização e uma actuação surpresa de pais e encarregados de educação dos meninos e meninas da creche “Cantinho das Cegonhas” e do Grupo Dancequi da Associação de Quinhendros.





Publicar um comentário

0 Comentários