Pombal activou Plano Municipal de Emergência da Protecção Civil


POMBAL


O Município de Pombal activou esta madrugada o Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil, na sequência da declaração de Estado de Calamidade decretado pelo Governo, e que abrange os Municípios a norte do rio Tejo.
O incêndio que teve início ontem à tarde no concelho de Alcobaça, entrou no Município de Pombal por volta das 21 horas, atingindo a Mata Nacional do Urso nas freguesias de Guia, Mata Mourisca e Carriço.
No combate ao incêndio estão neste momento mais de uma centena de bombeiros, 32 veículos e duas máquinas de rasto.
Neste momento (10.30h) estão condicionados os acessos às localidades de Fontainha, Alhais, Silveirinha Grande e Silveirinha Pequena, freguesia do Carriço.
A Estrada Atlântica está cortada entre a linha do comboio e a rotunda do Osso da Baleia, bem como a via entre Alhais e a praia do Osso da Baleia.
A EN109 encontra-se circulável. O Município de Pombal apela a toda a população que evite deslocações aos locais onde ocorrem os incêndios e apela ao respeito pelas ordens das autoridades públicas.
O Presidente da Câmara acompanhado pelos vereadores encontram-se desde ontem à noite nas freguesias de Carriço, Ilha, Guia e Mata Mourisca, a acompanhar a situação e a testemunhar o empenho de todos na salvaguarda de pessoas e bens.
A Declaração de Estado de Calamidade activa automaticamente os planos de emergência de Protecção Civil de âmbito distrital e municipal.
Assim, todos os cidadãos, entidades públicas e privadas são obrigados a prestar às autoridades de protecção civil a colaboração que lhes for requerida e a respeitar as ordens que lhes forem dirigidas.

Publicar um comentário

0 Comentários