Escuteiros Marítimos da Figueira da Foz recolheram 88.5 kg de lixo no molhe norte da Barra







Os "Moços da Flotilha Carapau do Agrupamento 235 do Corpo Nacional de Escutas (CNE) – Escuteiros Marítimos da Figueira da Foz" participaram, no âmbito do “Mês do Mar”, numa iniciativa da Secretaria Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade, do CNE, que decorre ao fim de semana, ao longo de todo o mês de Novembro. 


Na tarde de sábado, dia 16, os escuteiros da Figueira da Foz, com idades compreendidas entre os 10 e os 13 anos, deslocaram-se ao molhe norte da barra já referida cidade e, em apenas uma hora, recolheram 88,5 kg de lixo, distribuído da seguinte forma: 35,5 kg de vidro; 18,5 kg de plástico e metal; 2,5 kg de papel e cartão; e 22 kg de lixo indiferenciado. 


A equipa de animação da II secção do Agrupamento 235 destaca «a importância de proporcionar aos jovens a possibilidade de participarem neste tipo de iniciativas, não só por se tratar de escuteiros marítimos, para quem o mar tem um significado particular, mas sobretudo por estimular nos mesmos a criação de verdadeiros agentes de mudança no mundo». 

No decurso dos fins de semana do mês de Novembro, o CNE conta com a acção de mais de 5 200 escuteiros pelo país inteiro, nesta iniciativa do “Mês do Mar.

Publicar um comentário

0 Comentários