Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

19 de outubro de 2018

CDS-PP/Fig.Foz considera «inadmissível o abate de árvores sãs, após a tragédia»



Leia na íntegra o comunicado do CDS-PP Figueira da Foz:

«Face à tragédia que assolou o nosso concelho na noite de 13 de Outubro o CDS-PP tem se abstido de tecer comentários ou apontar o dedo ao processo de recuperação que tem estado a ser elencado pela Município da Figueira da Foz. Na verdade, não faz parte do nosso posicionamento aproveitarmos tempestades da mãe natureza, que ninguém controla, para fazer política. No entanto, não podemos deixar de referir que o abate indiscriminado de árvores sãs a mando da Câmara Municipal é inadmissível. 
É inadmissível porque, após uma tragédia que dizimou grande parte do património arbóreo do concelho, se esteja a usar esta como desculpa para o abate de árvores sãs, que tanta contestação tem gerado por parte da população. 
Num momento em que, reconheça-se, toda a oposição se tem abstido de fazer aproveitamento político da tragédia, seja o executivo camarário a fazê-lo, tentando fazer passar despercebido um acto criminoso, contestado pela população e prejudicial para o ambiente. Relembramos que a primeira utilidade das árvores é a absorção do dióxido de carbono e a produção do oxigénio, ambas as funções fundamentais para a vida humana. Tem também sido relatado pelos diversos órgãos de comunicação social o completo desnorte na gestão da tragédia, que inclusive já levou ao pedido de demissão do Comandante dos Bombeiros Municipais e Coordenador Operacional Municipal da Proteção Civil. 
Vários dias depois dos eventos trágicos, continuam a ser divulgadas notícias de locais onde a ajuda ainda não chegou e onde as populações, na maioria idosos, foram completamente abandonadas. Destacamos o grande movimento de voluntariado, maioritariamente juvenil, que tem feito tudo o que está ao seu alcance para trazer um pouco de normalidade ao caos que nos assolou. 
No entanto os órgãos competentes têm tido uma notória e injustificável falta de coordenação com estes jovens, que não tendo sinalizado os locais prioritários, perdem parte do seu tempo à procura de locais a necessitar de intervenção ou que quando lá chegam já foi intervencionado. Após a conclusão dos trabalhos de reabilitação é necessário que o Executivo Municipal preste contas de tudo o que se passou! Quando já era clara a falta de capacidade governativa deste Executivo, foi num momento de tragédia que o seu pior veio ao de cima! 
Pela Comissão Política Concelhia do CDS-PP da Figueira da Foz 

O Presidente Miguel Mattos Chaves»

Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto