Receba novidades da Foz ao Minuto no seu Email

19 de outubro de 2017

Fogo destruiu 3.130 hectares de floresta no Concelho da Figueira da Foz



FOGOS

Os incêndios que atingiram  o concelho da Figueira da Foz, destruíram 3.130 hectares de floresta, sendo a maior parte dessa floresta a Mata Nacional de Quiaios, segundo fonte da Protecção Civil.

Os fogos que começaram no domingo pelas 14h30 e terminaram na segunda-feira pelas 9h00, atingindo as freguesias de Quiaios, Paião, Alqueidão, Ferreira-a-Nova, Bom Sucesso , Santana e Vila Verde,  assim como nos Alhais (próximo do Concelho da Figueira da Foz) colocaram todos os figueirenses ,à semelhança do resto do país, em sobressalto.

O Município da Figueira da Foz já veio através de comunicado agradecer aos Bombeiros , Cruz Vermelha , aos figueirenses e às gasolineiras que ajudaram a combater este fogo que durou mais de 50 horas ininterruptas.

«Não obstante o património natural consumido pelas chamas, constituem danos irreparáveis, registando-se o facto de não ter ocorrido nenhuma fatalidade, nem nenhum ferido grave no Concelho» afirma fonte Municipal.

Na freguesia de Quiaios, ardeu 50 % da Mata Nacional, porém os incêndios não provocaram vítimas nem danos materiais em habitações, com excepção de uma casa que ficou sem telhado na sequência do incêndio, na localidade de Cova da Serpe (Quiaios), já na localidade dos Morros (Bom Sucesso)  uma auto-caravana e uma casa pré-fabricada em madeira foram atingidas pelas chamas.

Na Lagoa da Vela, o incêndio afectou nenúfares e algumas plantas aquáticas situadas nas margens, destruiu também postes de iluminação ao longo da estrada florestal e equipamentos de apoio dos parques de merendas situados naquela região.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © fozaominuto