“Ciclismo vai à Escola“: Município equipa agrupamentos com material adequado a alunos com necessidades educativas especiais


O Município da Figueira da Foz entregou, esta terça-feira, Dia Mundial da Criança, no âmbito do Projeto “O Ciclismo vai à Escola”, recursos materiais apropriados aos alunos com necessidades educativas especiais, nomeadamente 4 bicicletas Tandem, 4 bicicletas Triciclo e 12 capacetes (1Tandem, 1 Triciclo e 3 capacetes por Agrupamento de Escolas) em 4 EB2,3 do Concelho. A entrega teve início cerca das 09h45, na escola sede do Agrupamento de Escolas do Paião (EB 2,3 Dr. Pedrosa Veríssimo no Paião). 

A mesma é dotada de um Centro de apoio à aprendizagem para alunos com multideficiência, o que permitiu que os mesmos pudessem experimentar as bicicletas, num circuito técnico “Gincana, desenvolvido no campo exterior do estabelecimento de ensino. Também os alunos da EB,2,3 Pintor Mário Augusto, Alhadas (Agrupamento de Escolas Figueira Norte), da escola sede do Agrupamento de Escolas Zona Urbana (EB 2,3 Dr. João de Barros) e da EB 2,3 Infante D. Pedro (Agrupamento de Escolas Figueira Mar) foram contemplados com equipamentos, que tiveram oportunidade de experimentar. 

Para o presidente da Câmara Municipal, Carlos Monteiro, esta oferta “pretende dar corpo à permanente aposta numa escola inclusiva onde todos e cada um dos alunos, independentemente da sua situação pessoal e social, encontrem respostas que lhes possibilitem a aquisição de um nível de educação e formação facilitadoras da sua plena inclusão social”. 

Já os professores foram unânimes em considerar que muito alunos só assim tem contacto com este tipo de experiências, as quais são ferramentas essenciais ao seu desenvolvimento. A vereadora do Desporto, Mafalda Azenha, considerou que este projeto “se revelou um sucesso porque tem sido verdadeiramente aproveitado pela comunidade escolar”. A autarca referiu que existem “planos para o desenvolver e potenciar”, muito embora ainda se esteja a “estudar a melhor forma”. “A ideia é poder estendê- lo a outras faixas etárias”, salientou ainda.   

Lembramos que o projeto “Ciclismo Vai à Escola” teve início na Figueira da Foz em 2018, na sequência da assinatura de um protocolo estabelecido entre o Município e a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), que previa a sua implementação nos Agrupamentos de Escolas do concelho, junto das turmas do 2º CEB (5º e 6º ano). 

O Município ficou responsável pelo fornecimento dos meios meios técnicos, 40 bicicletas, 10 por agrupamento de escolas, e FPC pela formação dos professores que dinamizam o projeto.

Enviar um comentário

0 Comentários