Carlos Monteiro reuniu com comerciantes e habitantes da rua 5 de outubro





Com objetivo de apresentar e ouvir as propostas para a resolução do trânsito e estacionamento da rua 5 de Outubro, na freguesia de Buarcos, o presidente da Câmara Municipal, Carlos Monteiro, reuniu ontem, sexta-feira, com os comerciantes e habitantes daquela rua, no Grupo dos Caras Direitas.  

O edil começou por explicar que a parte sul da Muralha de Buarcos se encontra numa "situação delicada", uma vez que não consegue suportar o peso das viaturas que lá estacionam. Tendo recordado que há alguns anos aquela parte da Muralha cedeu, o presidente explicou que a zona teria obrigatoriamente de ser protegida. Contudo, as restantes soluções para a rua estiveram abertas para discussão, a fim de "encontrar uma solução com a participação de todos". 

Carlos Monteiro referiu que a parte sul será então protegida com dissuasores "vesúvio" - estruturas que pretendem resolver o problema da invasão ilícita dos passeios públicos por veículos automóveis - e, para o restante troço da rua, considerou as hipóteses do estacionamento na Muralha passar a ser apenas para moradores e a rua continuar transitável; de entre os dias 15 de junho a 15 de setembro o estacionamento ser pago entre as 9h e as 21h, contando as duas primeiras horas com um preço simbólico; e ainda a hipótese de serem reservados cerca de 25 lugares para os residentes de primeira linha na parte superior da Muralha. 

Os habitantes e comerciantes presentes naquela reunião fizeram-se ouvir e, após a colocação de várias questões e hipóteses, ficou clara que a opinião da maioria passava pela colocação de dissuasores móveis junto à Capela da Senhora da Conceição e junto à Varina, encontrando-se os mesmos em baixo até às 11h para cargas e descargas de apoio à restauração e, a partir dessa hora, subirem, descendo apenas para permitir a entrada a veículos de habitantes ou pessoas de mobilidade reduzida, controlada através das matrículas ou de apresentação do dístico de mobilidade condicionada. No que diz respeito ao estacionamento em cima da Muralha, as pessoas presentes concordaram em estacionar apenas do lado norte da rua 5 de Outubro e em serem assegurados cerca de 25 lugares para os moradores de primeira linha.

Publicar um comentário

0 Comentários