Assembleia de Freguesia em Quiaios: PSD considera que "PS quer manter o poder a todo o custo sem respeito pela assembleia de freguesia e por cidadãos"



O PSD/Figueira da Foz acusa o Partido Socialista dizendo que este «pretende manter em funcionamento a Junta de Freguesia com uma tesoureira que renunciou ao cargo e ao mandato (se não era presidente de junta) e com um presidente de junta que nunca o seria se a tesoureira não renunciasse ao mandato».

Leia na íntegra o comunicado social-democrata:

Realizou-se ontem mais uma Assembleia de Freguesia de Quiaios.

Como já era expectável a mesma não produziu qualquer efeito útil quer para a junta de Freguesia quer para a população de Quiaios.

O Partido Socialista conseguiu juntar ao descrédito do executivo da Junta de Freguesia a paralisia da mesa da assembleia com a demissão de um eleito pelo partido socialista o que revela bem o desnorte da sua atuação.

O Partido Socialista atua com o único objetivo de manter o poder a todo o custo sem respeito pela assembleia de freguesia e pelos cidadãos de Quiaios.

As forças politicas representadas na Assembleia de Freguesia, e nomeadamente o PSD, foram claros desde início sobre o caminho a seguir.

A solução para este problema criado pelo Partido Socialista é politico e não legal.

O Partido Socialista sabe, e não pode ignorar, que qualquer parecer ou interpretação legal que não seja uma decisão judicial transitada em julgado não vincula os particulares e outras entidades que se relacionem com a junta de freguesia.

Logo, é suscetível de ser impugnada (e de causar sérios prejuízos à Junta de Freguesia).

Contudo, nada disto parece incomodar a sede de poder do Partido Socialista.

Em termos práticos o Partido Socialista pretende manter em funcionamento a Junta de Freguesia com uma tesoureira que renunciou ao cargo e ao mandato (se não era presidente de junta) e com um presidente de junta que nunca o seria se a tesoureira não renunciasse ao mandato.

Confuso? Indecente? Incorreto? Fraude à lei?

Sim, tudo isso, mas é isto que o Partido Socialista pretende!

Além das condenações em Tribunal o Partido Socialista incumpriu o seu compromisso com aqueles que lhe viabilizaram o mandato e com os cidadãos de Quiaios.

Não pactuaremos com esta atuação nem cedemos à chantagem do Partido Socialista (que envia primeiro para a comunicação social, para criar factos políticos, as “propostas” que faz ao PSD o que revela bem a seriedade das mesmas).

Não negociamos lugares.

Os nossos mandatos são dos cidadãos de Quiaios.

O nosso objetivo é o desenvolvimento da nossa Freguesia.

Apelamos ao Partido Socialista que cumpra a vontade da maioria dos cidadãos de Quiaios representada na Assembleia de Freguesia e que, ao menos por uma vez, coloque o interesse partidário e o apego ao poder de lado em beneficio da nossa Freguesia

Publicar um comentário

0 Comentários