Sparks Group: Rede internacional de pirataria de filmes e programas de televisão foi desmantelada




A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica – UNC3T participou na desativação da infraestrutura do Sparks Group, uma rede que obtinha e divulgava ilegalmente, na internet, filmes e programas de televisão protegidos por direitos de autor. Da ação conjunta resultou o desmantelamento de setenta (70) servidores na América do Norte, Europa e Ásia e vários dos principais suspeitos foram detidos. Este grupo criminoso, sob investigação desde setembro de 2016, obtinha discos Blu-ray e DVD com conteúdos inéditos e comprometia a proteção dos direitos de autor ao reproduzir e ao carregar o seu conteúdo em servidores online. O conteúdo era divulgado e reproduzido em plataformas de “streaming”, redes “peer-to-peer” e “Torrent", disponibilizando a transmissão antes do lançamento. O grupo terá reproduzido e divulgado com sucesso centenas de filmes e programas de televisão antes da sua data de lançamento, incluindo quase todos os filmes lançados pelos principais estúdios de produção nos EUA, causando dezenas de milhões de dólares americanos em prejuízos aos estúdios de produção cinematográfica. A participação de Portugal, suportada por Carta Rogatória, materializou-se com a realização de buscas domiciliárias, diversas apreensões e desmantelamento de um servidor de partilha e distribuição deste tipo de conteúdos. A presente ação está igualmente a ser divulgada pela Europol e pelo Eurojust.

Publicar um comentário

0 Comentários