Detenção de incendiário florestal no concelho de Cantanhede





A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, deteve um homem, de 55 anos, sem profissão, pela presumível prática do crime de incêndio florestal, ocorrido no dia 21.6.2020, cerca das 19h40m, numa freguesia do concelho de Cantanhede. Segundo nota divulgada pela PJ «o suspeito, presumindo-se com uso de chama direta, ateou um incêndio em zona de terreno inculto, povoada com mato e árvores, ascendendo a área ardida a 0,2652ha, próximo de habitações e floresta, no interface urbano com a zona mista agrícola/florestal que se estende em direção à cidade de Cantanhede, que teria proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos bombeiros». 

«A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, habitações e a mancha florestal. O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação» acrescenta ainda a mesma nota.

Publicar um comentário

0 Comentários