Leito Abandonado do Rio Mondego alvo de trabalhos de limpeza





A Câmara Municipal de Montemor-o-Velho está a intervir no Leito Abandonado do Rio Mondego, com uma ação de limpeza que visa promover a adaptação às alterações climáticas, bem como a prevenção e gestão de riscos de cheia.

A empreitada, que representa um investimento superior a 355 mil euros, está integrada numa operação mais alargada que decorre de uma candidatura ao POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos), no âmbito do quadro comunitário de apoio Portugal 2020, cofinanciada a 75 por cento pelo fundo de coesão e que ascende a mais de 411 mil euros.

Recorda-se que, a par dos trabalhos limpeza e remoção de vegetação e de detritos que impedem a livre circulação das águas e que provocam o assoreamento do Leito Abandonado do Rio Mondego, a Câmara Municipal de Montemor-o-Velho tem em curso a reabilitação da passagem hidráulica no Pontão do Choupal e a construção de uma passagem hidráulica entre a bacia da estação de bombagem de Formoselha e a pista do Centro Náutico de Montemor-o-Velho.

As intervenções que se encontram a decorrer vão permitir diminuir o risco de cheias/inundações e minimizar os seus efeitos junto das populações, assim como valorizar o Leito Abandonado do Rio Mondego, nomeadamente a frente ribeirinha na sede do concelho.

Com a limpeza que se encontra a decorrer, a margem direita do Leito Abandonado do Rio Mondego está ainda mais acessível, possibilitando a realização de passeios na natureza.


Publicar um comentário

0 Comentários