Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

5 de fevereiro de 2020

Vereadores Carlos Tenreiro e Miguel Babo preocupados com «perigos para a saúde pública» na Figueira da Foz





Através de nota de imprensa, os vereadores Carlos Tenreiro e Miguel Babo, alertam para perigos para a saúde humana, relacionados com as poeiras provenientes do pó de vidro ou pó de madeira proveniente do Porto da Figueira da Foz, leia na íntegra o comunicado dos vereadores independentes (eleitos pelo PSD):


«A movimentação de granéis sólidos no Porto da Figueira da Foz, em particular o pó de vidro, mas também outras substâncias, entre elas, o pó da madeira, vêm causando ao longo dos tempos transtornos e incómodos junto da população residente e visitante do concelho, atento ao seu arrastamento para o ar e água(rio Mondego), por força da acção dos ventos, conspurcando todo o património atingido, ao mesmo tempo que colocam em perigo a saúde publica. Como é sabido, as cargas chegam em navio e são descarregadas em terrapleno e vice-versa, mantendo-se no cais a céu aberto, aguardando, por vezes, vários dias, pela sua retirada até ao destino final. Sem que se descure a importância económica da actividade do Porto da Figueira da Foz para o concelho, região e país, reveste-se de crucial importância assegurar a manutenção de um justo equilíbrio entre a actividade económica e industrial ali desenvolvida e a qualidade de vida dos habitantes e visitantes desta cidade e concelho, a qual, em momento algum pode ser postergada. O manuseamento indevido daquele tipo de mercadoria é causador de risco para a saúde humana, com as poeiras provenientes do pó de vidro ou do pó de madeira, entre outras substâncias, ao serem difundidas para a atmosfera e água, podem, potencialmente, provocar não só o incremento de doenças respiratórias pela sua inalação(e outras), assim como, também podem contaminar águas (rio Mondego) afectando a respectiva cadeia alimentar, atenta a actividade piscatória e salineira que ali vem sendo desenvolvida, com graves prejuízos em matéria de saúde publica. Há cerca de um ano atrás, através de proposta apresentada pelos Vereadores eleitos pelo PSD, Carlos Tenreiro e Miguel Babo, foi aprovado em reunião de CMFF de 4/03/2019(cópia da acta junta em anexo), Ponto 1.1.4 -PROPOSTA DOS VEREADORES ELEITOS PELO PSD, CARLOS TENREIRO E MIGUEL BABO - EMISSÃO DIFUSA DE PARTÍCULAS DE PÓ DE VIDRO E DE OUTRAS SUBSTÂNCIAS NOCIVAS À SAÚDE NA MOVIMENTAÇÃO PORTUÁRIA DE GRANÉIS SÓLIDOS NO CAIS COMERCIAL DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ COM IMPACTE NA VIDA DA COMUNIDADE RESIDENTE E VISITANTE DA CIDADE DA FIGUEIRA DA FOZ E DAS FREGUESIAS LIMÍTROFES – APROVAR EM MINUTA) por unanimidade o seguinte: 1. Recomendar à Administração do Porto Comercial da Figueira da Foz que sejam implementadas medidas mitigadoras relativas a depósito, armazenamento e transporte de pó de vidro e de outras substâncias nocivas para a saúde a par da monotorização da qualidade ambiental da envolvente local. 2. Pugnar pelo cumprimento do artigo 9.o, do Decreto-Lei n.o 39/18, referente ao Regime Jurídico da Prevenção e Controle das Emissões Poluentes para o Ar. 3. Apelar à Agência Portuguesa do Ambiente e à Comissão de Coordenação da Região Centro que proceda ao necessário controle. Passado um ano, ao que parece, tudo continua na mesma, assistindo-se a cargas e descargas daquelas substancias a operarem-se a céu aberto, razão, pela qual, não podem os referidos Vereadores deixar de vir novamente a público denunciar essa lamentável situação, o que o fazem também junto do Exmo Senhor Presidente da C.M.F.F., da Administração do Porto da Figueira da Foz e das entidades com competências na área da protecção ambiental(no dia de hoje encontra-se à vista de todos o referido facto). Impõe-se, com a maior brevidade que o Porto Comercial seja dotado de equipamento compatível para a carga, descarga, movimentação e armazenamento das referidas substancias, não se compreendendo que se continuem a manter os citados procedimentos rudimentares, quando por outro lado, se ouve, amiúde, um discurso constante duma cidade e concelho que se pretende ambientalmente sustentável. Está na hora de passar das palavras para os actos».

Os Vereadores na CMFF
Carlos Tenreiro e Miguel Babo

Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Mais recentes em destaque

Direitos de Autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.

Copyright © Foz ao Minuto