“No Violentine’s day”, Município de Montemor-o-Velho inicia projeto-piloto de prevenção de violência no namoro





Amanhã, dia 14 de fevereiro, às 9h, na Escola Profissional de Montemor-o-Velho (EPM), inicia-se o projeto-piloto “No Violentine’s day”, dinamizado pelo Município de Montemor-o-Velho, com a colaboração de diversos parceiros da Rede Social, no âmbito do Protocolo de Cooperação formalizado com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG). Até ao final do ano letivo e em sessões mensais de 90 minutos, “No Violentine’s day” vai abordar, a título de exemplo, o ciclo da violência doméstica, os tipos de violência e a Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação. De forma simbólica, no dia em que o amor anda no ar, tem início o “No Violentine’s day” de modo criar um ambiente que promova a confiança e a segurança dos mais jovens, capacitando-os e alertando-os para as questões relacionadas com a violência, mais concretamente com a violência no namoro. Com o intuito de reforçar a mensagem de que “A única seta que pode atingir o teu coração é a do cupido. Diz não à violência no namoro”, o projeto-piloto “No Violentine’s day” foi apresentado, esta quinta-feira, dia 13, na Biblioteca Municipal Afonso Duarte, em Montemor-o-Velho, aos representes das filarmónicas do concelho, com vista a alargar o seu âmbito, chegando, deste modo, a um público mais vasto. Na ocasião, a vereadora Diana Andrade, sublinhou: “O nosso objetivo passa por assinalarmos o Dia dos Namorados numa lógica pedagógica, indo ao encontro dos jovens e de uma situação que procuramos combater que é o da problemática da violência do namoro”. Ao desvendar parte da atividade que se vai realizar amanhã, por parte da AFMP – Associação Fernão Mendes Pinto, um dos parceiros da Rede Social envolvido no projeto-piloto, a vereadora Diana Andrade, esclareceu: “A nossa missão não estaria completa só com esta atividade, por isso quisemos ir mais longe e chegar à comunidade”. Neste sentido, de modo a envolver e a desafiar também os jovens músicos do concelho a refletirem sobre a temática do amor através da música, o encontro procurou ser uma abordagem inicial para a eventual criação de um espetáculo a ser apresentado no verão, no Castelo de Montemor-o-Velho.

Publicar um comentário

0 Comentários