Neurociência e Aprendizagem na Escola Bernardino Machado






No dia 21 de janeiro, no âmbito da parceria entre o Agrupamento de Escolas Figueira Mar e a Escola de Meditação Rosa Cardeal, António Guardado esteve na Escola Bernardino Machado, junto dos professores e funcionários, voluntários, a dinamizar uma sessão teórica e vivencial sobre as Neurociências e os benefícios da prática meditativa em contexto educativo. 

Num diálogo intimista, questionou velhos paradigmas, crenças limitantes, pensamentos nefastos que poluem o cérebro daqueles que vivem a e na escola. Sussurrou que o que é normal para uns é caótico para outros, que cada um lê com os olhos que tem e todo o ponto de vista é a vista de um ponto, onde a palavra é protagonista metafórica de criatividade, felicidade, construção, sabedoria, respeito. 

Navegou pelo “continente desconhecido”, o cérebro, também ele uma grande massa cercada por um campo vasto de plausibilidades sem limite, e partilhou que, à luz da ciência, o ato educativo deve estabelecer conexões profundas com as emoções positivas, a empatia e a afetividade. Partilhou ainda que há ondas cerebrais que nos permitem aceder a estados de relaxamento imprescindíveis para se resistir aos desafios diários da escola. 

Publicar um comentário

0 Comentários