Alunos da Escola Bernardino Machado participaram no XXII Encontro Internacional de Jovens Cientistas das Escolas Associadas da UNESCO






No âmbito do projeto da UNESCO do Encontro Internacional de Jovens Cientistas, subordinado ao tema geral “A luta contra a desertificação: o grande desafio para os jovens.”, a Escola Secundária Dr. Bernardino Machado (Agrupamento de Escolas Figueira Mar) decidiu estudar o papel das algas marinhas na recuperação de solos, tendo em conta o contexto hidro e geomorfológico da região (Foz do Mondego), no que resultou “Desertificalgae” como título aglutinador de todo o trabalho de investigação desenvolvido e, portanto, da comunicação a ser apresentada pelos alunos neste Encontro Internacional. 

O XXII Encontro Internacional de Jovens Cientistas das Escolas Associadas da UNESCO, teve início no dia 8 de janeiro, em Santarém e foi organizado pela Escola Secundária Sá da Bandeira (Santarém), tendo terminado no sábado, dia 11 de janeiro, com a entrega dos certificados de participação a 44 alunos, acompanhados por 22 professores, que vieram de 15 escolas de várias partes do mundo: Alemanha, Andorra, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, Itália e Portugal. A representar o Agrupamento de Escolas Figueira Mar estiveram os alunos Edite Batata e Diogo Vieira, que frequentam o 12 º ano, Turma B, de Ciências e Tecnologias na Escola Secundária Bernardino Machado, acompanhados pela professora Isabel Ferreira, que apresentaram o Projeto de Investigação “Deserteficalgae - Qual o papel das algas marinhas na recuperação de solos?”, orientado pela professora Carla Lopes. 

Publicar um comentário

0 Comentários