Montemor-o-Velho:“A Biblioteca Vem à Minha Terra” encantou pequenos e graúdos



No dia 10 de dezembro, a edição de 2019 do projeto municipal “A Biblioteca Vem à Minha Terra" terminou com uma sessão de teatro dedicada aos mais pequenos, na BMAD – Biblioteca Municipal Afonso Duarte, em Montemor-o-Velho.

Assim, as crianças oriundas das instituições parceiras que trabalham também junto de um público mais jovem - Casa do Povo de Arazede, Associação Fernão Mendes Pinto e Casa da Criança da Carapinheira – assistiram à peça de teatro “Um Pátio de estórias” - leitura encenada de contos infantis, pelo Páteo das Galinhas - Grupo Experimental de Teatro da Figueira da Foz, no âmbito do projeto de colaboração "Biblioteca de mãos dadas”, entre a BMAD e a Biblioteca Municipal da Figueira da Foz.
Ao longo do ano, “A Biblioteca Vem à Minha Terra" continuou a sua missão de promover o livro e a criação de hábitos de leitura na comunidade, disponibilizando, de forma gratuita, nas instituições e associações aderentes, maletas, cujo conteúdo -livros, revistas, jogos e/ou filmes - foi renovado periodicamente.
Nos meses de outubro e novembro, as sessões de cinema “A Biblioteca Vem à Minha Terra” decorreram sob o signo da etnografia, exibindo um vídeo sobre o folclore concelhio.
Recorda-se que o projeto conta com as parcerias das Juntas e União de Freguesias do concelho, Academia Musical Arazedense, Centro Paroquial de Solidariedade Social de Arazede, Casa do Povo de Arazede, Centro Social Paroquial da Carapinheira, Casa da Criança da Carapinheira, Associação Cultural Desportiva e Social da Ereira, Centro Social e Paroquial de Meãs, Santa Casa da Misericórdia de Pereira, Centro Social e Paroquial de Santo Varão, Santa Casa Misericórdia de Tentúgal, Centro de Solidariedade Social de Verride, Casa do Povo de Abrunheira, Clube União Musical Recreativo Gatoense, Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho, APPACDM – Unidade Funcional de Montemor-o-Velho e Associação Fernão Mendes Pinto.
“A Biblioteca Vem à Minha Terra" regressa no mês de janeiro e com mesma vontade de continuar a promover a cultura, a leitura e o livro

Publicar um comentário

0 Comentários