Clube de Ciência Viva da Escola Bernardino Machado dinamizou uma sessão sobre a importância das Algas





Na procura pelo conhecimento e pelo desenvolvimento de competências, a Escola  Bernardino Machado em conjunto com o Clube Ciência Viva na Escola, promoveu aquela que se prevê como a primeira de várias “Conversas com…”. Alunos e professores das turmas de Ciências e Tecnologias do 12.º Ano e do 11.º ano dos cursos Profissionais de Técnico Auxiliar de Saúde e de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos tiveram a oportunidade de aprender um pouco mais sobre algas e a sua utilização no nosso dia-a-dia. 

Para esta atividade, a escola contou com a presença dos investigadores do Laboratório MAREFOZ Leonel Pereira (docente do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra) e Diana Pacheco. Nesta atividade, realizada no passado dia 11 de outubro, alunos e professores ficaram a conhecer as suas mais diversas utilizações, nomeadamente na indústria alimentar (na forma direta ou na forma de aditivos alimentares), na criação de compostos anti-bacterianos, anti-víricos e anti-tumurais, fertilizantes ou ainda na produção rações para animais. Foram destacadas as vantagens de um uso, cada vez mais frequente e alargado, de algas na nossa alimentação, visto que, em conjunto com hábitos de vida saudável, estas atuam como nutracêuticos (alimentos que atuam na prevenção de algumas condições como o cancro, diabetes, níveis elevados de colesterol. 

Publicar um comentário

0 Comentários