Jovens de Montemor põem “mãos à obra” por um concelho e um país mais limpo




No domingo dia 22 de setembro, cerca de 150 jovens do concelho de Montemor-o-Velho juntaram-se à iniciativa voluntária “Vamos limpar Portugal” e puseram “mãos à obra” em prol de um concelho mais limpo. Repartidos por várias freguesias do concelho de Montemor-o-Velho, os voluntários dedicaram o seu domingo à causa ambiental, arregaçaram as mangas, calçaram luvas e mobilizaram-se para recolher o máximo de lixo possível nas ruas. “Tudo o que fazemos pelo ambiente é pouco”, por isso, quando Ana Francisca, de 17 anos, estudante universitária, soube da iniciativa, decidiu voluntariar-se para que a iniciativa se realizasse em Montemor-o-Velho. Desde então, com o apoio de outros jovens voluntários, conseguiu mobilizar a população e as entidades locais e efetivar a iniciativa no concelho. “Infelizmente recolhemos bastante lixo”, afirmou a representante da iniciativa no concelho de Montemor-o-Velho, surpreendida com a quantidade de lixo nas ruas. Para além do plástico, papel e vidro, foram recolhidas sobretudo beatas, que o grupo de voluntários vai enviar para uma empresa em Guimarães que as reutiliza para produzir tijolos. A acompanhar a ação voluntária, o vereador da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Décio Matias, elogiou a adesão da população do concelho à iniciativa, em especial o "empenho e disponibilidade dos jovens que, para além de promoverem a limpeza das nossas ruas, sensibilizam as famílias e a sociedade”. Para Décio Matias, a consciencialização da população é vital para que “exemplos de más práticas como os que assistimos diariamente se alterem em prol do nosso futuro e do futuro dos nossos jovens”. O projeto solidário "mãos à obra”, que partiu da ideia de Inês Durão, contou com mais de 10 mil pessoas, distribuídas em mais de 100 grupos, que, no passado domingo, limparam norte a sul de Portugal ao mesmo tempo. No âmbito da sua ação ambiental, o Município de Montemor-o-Velho associou-se à iniciativa, procedendo à recolha do lixo e ao seu correto encaminhamento. Para o futuro, fica a ideia de retomar a iniciativa em breve, fazendo uma "limpeza nacional de dois em dois meses, não havendo ainda uma nova data definida”, informou Ana Francisca que continua a acreditar que pequenos gestos fazem a diferença.

Publicar um comentário

0 Comentários