Escola Joaquim de Carvalho oferece experiências de surf e bodyboard a jovens de vários concelhos do país






A Escola Joaquim de Carvalho, enquanto Centro de Formação Desportiva de Desportos (CFD) Náuticos, nas modalidades de surf e bodyboard, em funcionamento desde 2015, só este ano possibilitou que aproximadamente 1000 alunos, principalmente do concelho da Figueira da Foz, mas também de outros concelhos, experimentassem estas modalidades. 



O CFD de surf e bodyboard da Escola Joaquim de Carvalho, que é um projeto nascido no âmbito do Desporto Escolar, tem desenvolvido a sua atividade em parceria estreita com a Associação de Bodyboard da Foz do Mondego (ABFM) e em articulação com a Câmara Municipal da Figueira da Foz. Além disso, para a implementação das suas ofertas, estabeleceu protocolos com todos os Agrupamentos de Escolas do concelho, por meio dos quais possibilita proporcionar um primeiro contacto com estas modalidades náuticas a todos os alunos do concelho da Figueira da Foz. 

A atividade desenrola-se às quartas-feiras, das 14.30h às 17.30h, na Praia de S. Pedro (surf e bodyboard), sendo o transporte assegurado pelo autocarro da Câmara Municipal. Acrescem a este horário, as marcações pontuais feitas por escolas do resto do país, que, sobretudo nas pausas letivas, e agora durante o terceiro período e os meses de junho e julho, se têm deslocado até à praia da Cova ou do Cabedelo, para experimentarem o deslize suave sobre diferentes pranchas, de acordo com a modalidade, nas nossas águas marítimas, sob a supervisão e aconselhamento técnico de quatro docentes de Educação Física da Escola.

A já referida Escola disponibiliza também o Clube de Desporto Escolar de surf e bodyboard com o objetivo de estimular e promover o desenvolvimento destas modalidades entre os alunos dos quadros competitivos regionais e nacionais com elevado potencial desportivo. Este ano, foram já cerca de 1000 os alunos que puderam experimentar as modalidades de surf e bodyboard nas praias da Figueira, entre jovens de escolas do concelho (em que se incluem alunos mais novos do 1.º ciclo e alunos das unidades de multideficiência) e de escolas dos concelhos de Pombal, Soure, Leiria, Mealhada, Tábua, Alcains, Arganil, Gouveia, Canas de Senhorim, Viseu e Guarda. 


Publicar um comentário

0 Comentários