António Bagão Félix foi o convidado na ultima sessão de 5as de Leitura






A Biblioteca Municipal foi palco, na passada quarta-feira, 12 de junho, pelas 21h30, de mais uma sessão do projeto de incentivo e promoção à leitura «5as. de Leitura», “um projeto com sucesso comprovado que celebra em novembro o seu 10.º aniversário” e que tem um público “cada vez mais fidelizado”. O convidado desta sessão foi o Professor António Bagão Félix, que se diz um amante da língua portuguesa, e que o Vereador da Cultura, Nuno Gonçalves, apresentou como “homem de causas, um político, um governante, um filantropo, sempre munido de uma grande ´curiosidade` e dinamismo”, mas “fundamentalmente um humanista, na forma como pensa e age com os outros”. Bagão Félix felicitou o projeto «5as de Leitura», pela sua natureza, “que gravita, em torno dos livros e de pessoas”, tendo de seguida passado para uma abordagem ao seu último livro «Raízes da Vida», uma obra escrita em parceria com Ana Paula Figueira, que “coloca a palavra na justa posição, dá-lhe um toque feminino, materno”, e que “nasceu de algumas palavras que estavam à procura da sua vez, como as sementes estão à procura da grande árvore". 

A conversa com o público, girou, para além do novo livro do autor, em torno da sua obra literária, muito ligada à botânica, matéria pela qual é apaixonado, mas também, sendo ele economista, de questões da economia, como o PIB, sobre o qual “não se fala das sucessivas reduções, como são o caso das perdas ambientais, o que é grave.” Aflorou o tema do PIB Verde, “um assunto que seria interminável e que poderia gerar um escrutínio maior por parte das entidades que tutelam o bem comum”. Abordou ainda a questão das atitudes ambientais, ecológicas e humanas, alertando para o facto ter de” haver bons exemplos de ética, naquilo que contruímos” e de as pessoas não poderem “acordar, sem desígnios para a sua vida.”, pois ela “faz sentido, levada com leveza, mas não com ligeireza”. A próxima sessão das 5as de Leitura realiza-se, como sempre, na Biblioteca Municipal, dia 11 de julho, e terá como convidado Júlio Machado Vaz.

Publicar um comentário

0 Comentários