Seminário “Brincar Não Tem Idade” em Montemor-o-Velho





A primeira edição do Seminário de Prevenção e Promoção da Saúde no âmbito de Atividades Lúdicas para Seniores “Brincar Não Tem Idade” já começou e, ao longo do dia, as dezenas de participantes encontram-se a participar nos trabalhos teórico-práticos que decorrem nas instalações da EPM – Escola Profissional de Montemor-o-Velho, da ADA – Associação Diogo de Azambuja, e nas Piscinas Municipais. Na sessão de abertura, no auditório da EPM, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho (SCMMV), Manuel Carraco, deixou palavras de agradecimento à Câmara Municipal, à ADA e a diversas entidades e instituições que ajudaram a dar forma ao seminário e referiu: “A ideia de fazer este seminário foi a de alertar as pessoas que a vida pode levar-se a brincar”. O provedor da SCMMV lembrou ainda as áreas de atuação da instituição e apresentou os diversos momentos e os palestrantes da iniciativa dedicada aos seniores. “A misericórdia não é só para os que estão institucionalizados. Quem vem para a Universidade Sénior vem com esperança de encontrar um mundo novo”, esclareceu. Com palavras de reconhecimento ao “papel muito profícuo que a SCMMV tem tido na população sénior”, o presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, lembrou a importância do seminário e as ações que realizam durante o ano, assim como destacou o trabalho desenvolvido na Universidade Sénior. Ao reforçar que “os mais idosos precisam de mais atenção e diversão”, o edil montemorense, ao fazer referência ao programa municipal Seniores em Movimento e às atividades realizadas no âmbito do cartão Montemor Sénior, que abrangem cerca de 1000 seniores não institucionalizados, sublinhou: “Os seniores precisam de atenção todos os dias e todas as semanas, precisam de ser estimulados não só com atividades esporádicas, mas também em atividades regulares”. Na ocasião, Emílio Torrão aproveitou ainda para deixar um desafio às instituições para que dialoguem mais entre si e que criem mais oportunidades para os seniores. Os diversos momentos teórico-práticos vão estar a cargo de Edson Vítor, também conhecido por “Edinho Paraguassu”, professor brasileiro, de Francisco Campos, da Escola Superior de Educação - Politécnico de Coimbra (ESEC-IPC), e de Elisa Ângelo, técnica de ação social da SCMMV, ficando a sessão de encerramento a cargo de Manuel Veríssimo, presidente do Conselho de Administração do Hospital da Figueira da Foz. O Seminário de Prevenção e Promoção da Saúde no âmbito de Atividades Lúdicas para Seniores “Brincar Não Tem Idade” fica concluído com a atuação da Tuna da Seniormor e com uma visita guiada ao Centro Histórico de Montemor-o-Velho.

Publicar um comentário

0 Comentários