Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

26 de maio de 2019

«O Estado Laico?» é o tema da próxima sessão de Diálogos ComSentidos no Auditório do Museu Municipal




Pelas 21h00 do próximo dia 31 de Maio, vai ter lugar  no Auditório do Museu Municipal da Figueira da Foz a última sessão do ciclo Diálogos ComSentidos com entrada livre.

O Diálogos ComSentidos é um projeto de um grupo informal e inter religioso com co-organização do Município da Figueira da Foz e apoio da Área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona e o Intep. Tem vindo a trazer à Figueira da Foz nomes provenientes de diferentes sensibilidades filosóficas, místicas e/ou religiosas colocando-os em Diálogo aberto e pessoal sobre a experiência de ser ele ou ela próprios perante determinados temas: O Humano e o Divino, A Igualdade de Género, A Morte, O Mistério e a Fé, A Meditação, Os Jovens e a Comunicação, A Sustentabilidade e finalmente “O Estado Laico?”.

O painel da próxima sexta-feira é o seguinte:

  • Oradora: Catarina Marcelino - Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade no XXI Governo Constitucional entre 2015 e 2017
  • Orador: António Ventura - Grão-Mestre Adjunto do Grande Oriente Lusitano e professor catedrático do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa;
  • Orador: Pedro Vaz Patto - Juiz e Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz “um organismo laical da Conferência Episcopal Portuguesa”;
  • Moderador: Paulo Mendes Pinto - Coordenador da área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona;
  • Moderador: Joaquim Franco - Jornalista da SIC e investigador na área de Ciência das Religiões.

1 comentário:

  1. Ouvir a Catarina Marcelino que disse na rádio ONU Mulheres que a ideologia de género era prioritária em Portugal, só se eu estivesse louca! Hipocrisia?! Não estou interessada, pois esse veneno satânico como já foi definido por inúmeras autoridades no assunto, inclusive o Papa Francisco, mais de vinte vezes, por Gabriele Kuby a socióloga e escritora alemã, mundialmente conhecida, a associação de pediatria americana, etc...Introduzir nas escolas Cidadania e Desenvolvimento e depois ensinar ideologia de género LGBT, é enganar os pais e "matar" os filhos! O grande promotor dessa diabólica ideologia, George Soros, que financia corrompendo 226 deputados no Parlamento Europeu, inclusive 8 são portugueses, não quer o bem de ninguém! Nem o seu nem o meu, nem o dos nossos filhos! O que ele quer é que a população diminua e a sociedade se degrade de tal maneira que lhe facilite a imposição da ditadura do governo único, ou seja a "Nova Ordem Mundial", que ele mesmo faz crer que é "Teoria da Conspiração", mas na realidade, é para onde ele próprio quer, com o seu muito dinheiro, que arrecadou, especulando a bolsa de maneira ardilosa e desumana. 18 bilhões foi a importância por ele distribuída na sua ONG, que ele mesmo chefia, a Open Society Foundation, para promover políticas de esquerda, que são anti-Deus, anti-religião, anti-bem da humanidade. Mas obrigada pelo convite.

    ResponderEliminar

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI
Copyright © Foz ao Minuto