Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

3 de abril de 2019

Montemor-o-Velho: Jovens agentes da GNR organizam Operação Stop e alertam para maus-tratos na infância





Violência não. Nós, as crianças, queremos amor e proteção!” foi a mensagem que os agentes de palmo e meio da GNR, os alunos do 2º ano da EB1 de Meãs do Campo, transmitiram aos automobilistas, no dia 2 abril, na ex EN 111, junto aos semáforos da localidade.

A iniciativa, dinamizada pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Montemor-o-Velho e com o apoio da Câmara Municipal, foi organizada pela Seção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário de Montemor-o-Velho, no âmbito do programa Escola Segura, e integrou a programação da CPCJ, “Abril - Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância e Juventude”.
Os jovens agentes da GNR, devidamente fardados e acompanhados por Paulo Girão (cabo), Carla Queda (cabo) e Edgar Medina (cabo), do Destacamento da GNR de Montemor-o-Velho, entregaram um marcador de livros e um folheto alusivo à campanha, assim como alertaram os condutores para a importância da prevenção da violência na infância e para a realização de uma condução em segurança.
No decorrer da ação de sensibilização, a vereadora Paula Rama, e a adjunta do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Delmina Leitão, aproveitaram o momento para estar à conversa com os mais novos, mas também para transmitir a pertinência e a importância do tema à comunidade. O índice de maus-tratos ainda é expressivo na sociedade portuguesa e, por isso, reiteraram que as diversas ações são necessárias para ajudar a combater o problema. No dia 26 de abril, a Operação STOP realiza-se em Arazede, com os alunos do 2º ano da Escola Básica de Arazede a envergarem as minifardas da GNR.


Sem comentários:

Enviar um comentário

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

Mais recentes em destaque

Direitos de Autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.

Copyright © Foz ao Minuto