Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

11 de abril de 2019

CDS-PP/Fig.Foz: "Uma Câmara Municipal que agora fica a ter um Presidente “fantasma” e um outro Presidente “de faz de conta"






Leia na íntegra o comunicado do CDS-PP/Figueira da Foz:

«É absolutamente inacreditável o estado a que chegou a actividade política no nosso país, em geral, e no Concelho da Figueira da Foz, para o caso vertente. Foi agora tornada pública a decisão do actual Secretário de Estado do Ambiente em não renunciar ao cargo de Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz. A sua decisão foi apenas a de suspender o exercício das funções para que foi eleito em 2017. Como Presidente da Comissão Política Concelhia do CDS-PP da Figueira da Foz não posso deixar de lamentar mais esta atitude de desonestidade política e de colocar publicamente algumas questões. Será que o Senhor Secretário de Estado do Ambiente está com medo de que o Partido Socialista nacional o não nomeie para as Listas de Candidatos às Eleições Legislativas? Será que está com medo que o PS perca as Eleições de Outubro e com isso tenha que abandonar o Governo? Será por qualquer destes factores que o Senhor Secretário de Estado do Ambiente e ex-Presidente da Câmara apenas suspende esta sua última função política, para a qual tinha sido eleito e que jurou nunca abandonar? Como em política “o que parece … é”, quererá esta atitude dizer que já nem ele acredita que o PS respeite os seus compromissos para com ele? Quererá isto dizer que já nem o Senhor Presidente acredita que o PS ganhe as próximas eleições? É que com a sua atitude o Dr João Ataíde das Neves revela a sua dúvida sobre estas questões políticas e assim sendo não há segunda interpretação sobre a sua atitude de manter em aberto a possibilidade de voltar a ocupar o lugar de Presidente da Autarquia. A verdade é esta: - Prefere manter o seu lugar na CMFF em aberto, não vá acontecer-lhe ficar desempregado de lugares políticos nacionais que o PS lhe prometeu. Para nós, Comissão Política Concelhia do CDS-PP da Figueira da Foz esta atitude é, repito, inacreditável e revela bem o estado a que se chegou na Política nacional e autárquica. É verdadeiramente inacreditável o estado de mediocridade e de desonestidade política a que chegaram alguns dos actores políticos em Portugal. Uma conclusão podemos tirar: - Tínhamos razão quando alertámos os Eleitores para o que poderia vir a acontecer se votassem em 2017 no PS e no Dr João Ataíde das Neves para a Câmara Municipal. Aí está o resultado. Uma Câmara Municipal que agora fica a ter um Presidente “fantasma” e um outro Presidente “de faz de conta”. A Figueira da Foz e os seus Eleitores não mereciam isto.

Pela Comissão Política Concelhia do CDS-PP da Figueira da Foz.

1 comentário:

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI
Copyright © Foz ao Minuto