Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

26 de março de 2019

Montemor-o-Velho:Festival do Arroz e da Lampreia, um festival que fica no coração




O Município de Montemor-o-Velho voltou a promover uma intensa e cada vez mais apurada viagem pelos sabores do campo e do rio. Ao longo de 10 dias, Montemor-o-Velho foi o destino de eleição para os amantes do genuíno arroz carolino do Baixo Mondego e da tentadora lampreia do Mondego. “Mais uma vez, o Município de Montemor-o-Velho e o Festival do Arroz e da Lampreia (FAL) receberam um voto de confiança do muito público que, do norte ao sul do País, veio a Montemor-o-Velho no caminho da lampreia e do excelente arroz carolino do Baixo Mondego”, salientou Emílio Torrão. O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho reforçou que “a quantidade de pessoas que nos visita e a qualidade do serviço que é prestado têm marcado a distinção que cada vez mais afirma este evento como um dos grandes festivais gastronómicos da região centro e do País”. Para além da deliciosa gastronomia, este foi, também, um "momento de encontro de amigos e de encontro de freguesias, com a mostra da nossa cultura popular e tradicional”. No final do Festival do Arroz e da Lampreia, o edil montemorense deixou elogios à “organização bem conseguida pelos trabalhadores do Município e por todos aqueles que se dedicaram para que este certame estivesse ao nível onde está”. Para a história da 17ª edição do Festival do Arroz e da Lampreia ficam as 12 deliciosas horas de arroz doce non stop, os segredos desvendados na cozinha ao vivo, a emissão do Aqui Portugal, os intermináveis jogos de hóquei no rinque de patinagem, as brincadeiras na Morlândia, o convívio nos bares e petisqueiras e os tentadores doces tradicionais do concelho. A mostra de artesanato do concelho e os postos de venda de produtos endógenos e do comércio local contribuíram para tornar ainda mais especial o FAL de 2019. O programa de animação, recheado de tradição, qualidade, dinamismo e diversão, completou o cardápio deste saboroso festival gastronómico. O recinto do festival está encerrado, mas o espírito do FAL e o elogio aos sabores do campo e do rio prolonga-se durante todo mês com a Mostra nos Restaurantes Aderentes. Num esforço contínuo de imprimir maior dinâmica à valorização do património e do território concelhio e de potenciar a economia local, também os restaurantes concelhios se associaram aos valores do Festival com uma tentadora mostra gastronómica ao longo de todo o mês de março. Para quem continua com apetite, os restaurantes A Grelha (Montemor-o-Velho), Doce Mor (Montemor-o-Velho), Floripes (Montemor-o-Velho), O Marinheiro (Montemor-o-Velho), O Mosteiro (Montemor-o-Velho) e O Califa (Santo Varão) continuam a privilegiar o Arroz e a Lampreia nas suas ementas, dando o devido destaque aos sabores do campo e do rio até ao final de março, em Montemor-o-Velho. O FAL foi organizado pelo Município de Montemor-o-Velho, contou com parceria estratégica da Turismo Centro de Portugal, com os apoios da Adega Cooperativa de Cantanhede, da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Baixo Mondego, da Cooperativa Agrícola do Concelho de Montemor-o-Velho, da DELTA, da Ernesto Morgado SA, da GazMondego, da Lacticoop, da Novarroz, da Stoffus, e a colaboração das associações concelhias, de Bruno Mendes, da Câmara Municipal de Cantanhede, da Câmara Municipal de Figueira da Foz, de Cristina Freirinha, de Delfim Cavaleiro, da Fojarte, do Grupo Folclórico da Ereira, das Juntas e Uniões de Freguesias do concelho, do Lagar Azeite Dentinho, da Liga dos Amigos dos Campos do Mondego e de Pedro Martinho.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI
Copyright © Foz ao Minuto