A Biblioteca Escolar da Cristina Torres com novos projectos



É hoje inegável o relevo que as bibliotecas escolares têm nas escolas. Mais ou menos apetrechadas, cabe-lhes, em parceria com os professores, a adesão dos jovens à leitura, a divulgação de novidades editoriais, o investimento na literacia digital dos alunos.



A biblioteca da Escola Cristina Torres do Agrupamento de Escolas Figueira Norte tem conquistado projetos de âmbito nacional (por exemplo, Ler+Jovem ou Leituras do Oriente e Ocidente), tem dinamizado atividades variadas em parceria com a Associação de Estudantes (por exemplo, as festas de encerramento dos períodos letivos), tem participado em concursos de leitura, tem colaborado em aulas de Ciências, de Português, tem desenvolvido canais de divulgação e informação dentro do agrupamento, tem celebrado escritores, efemérides e está agora com um projeto um novo projecto para alunos e professores: sessões de trabalho com turmas que estão em fase de elaboração de trabalhos para apresentações orais. 

A professora bibliotecária acompanha as turmas nas diferentes fases do trabalho: como pesquisar e selecionar a informação, como incluir as citações respeitando os direitos de autor e a propriedade intelectual, como estruturar a informação num documento word, num powerpoint, num booktrailler, que músicas incluir, que fontes são seguras e respeitam os direitos de autor e, finalmente, como fazer uma apresentação com recurso a todas as tecnologias com criatividade e originalidade. 

A realização de projetos desta natureza não frutifica apenas num trabalho final, vai-se refletindo na construção de alunos mais preparados para os desafios do séc.XXI.

Publicar um comentário

0 Comentários