Montemor-o-Velho: ARCA revive tradição da matança do porco


A Associação Recreativa da Cabeça Alta – ARCA, na freguesia do Seixo de Gatões, voltou, no dia 26 de janeiro, a proporcionar um dia de convívio, repleto de gastronomia e de evocação das tradições da freguesia com o reviver da tradição da matança do porco.



O vereador Décio Matias marcou presença na iniciativa que reuniu mais de sete de dezenas de convivas, aproveitou o momento para “desejar os maiores sucessos à ARCA” e congratulou-se pela direção “continuar a promover eventos que retratam as memórias de antigamente e que, ao mesmo tempo, estimulam o convívio e reforçam as vivências em comunidade”.
Silvino Madaleno, presidente da ARCA, mostrou-se “muito satisfeito pelo evento continuar a juntar tanta gente” e esclareceu: “Este ano, devido a alguns constrangimentos, optámos pela aquisição da carcaça e, por isso, não foram feitos alguns momentos da recriação. Todavia, toda a parte gastronómica foi realizada, deixando bastante satisfeito quem nos brindou com a sua presença”.
“Este é sempre um momento especial nas vivências da ARCA. Temos um dia de convívio e de tradição que honra a memória da nossa freguesia”, reforçou.
O café da panela com beiloses, o bacalhau assado, o serrabulho, o cozido da matança e o arroz de pica no chão foram alguns dos saborosos motivos que tornaram ainda mais especial o dia de convívio na ARCA.
À semelhança dos anos anteriores e com muito humor à mistura, a organização continuou a inovar. O carro de mão disponibilizado para transportar, até ao domicílio, os convivas afetados pelo efeito “das águas de aquecimento intensivo”, foi equipado com um sistema de sinalização (os tradicionais “pirilampos”).

Publicar um comentário

0 Comentários