A Primeira Guerra Mundial, os Prisioneiros Portugueses, a participação dos figueirenses e os alunos do Agrupamento de Escolas Figueira Mar




No âmbito da realização das Feiras do Livro nas escolas do Agrupamento de Escolas Figueira Mar, Maria José Oliveira, jornalista e investigadora, natural da Figueira da Foz, esteve presente, a convite das professoras bibliotecárias, na Escola Infante D. Pedro e na Escola Secundária Dr. Bernardino Machado, para falar do seu livro Prisioneiros Portugueses da Primeira Guerra Mundial: frente europeia - 1917/1918. O interesse pelo tema é de ordem pessoal, uma vez que o avô da jornalista foi um dos militares do contingente português que combateu na Primeira Guerra Mundial, tendo sido dado como desaparecido durante meses, até ao seu inesperado regresso. Foi durante o trabalho de investigação para a escrita do livro que descobriu que o seu avô havia também sido prisioneiro num campo de internamento.




Assistiram à apresentação do livro alunos do 9º ano de várias turmas das duas escolas, acompanhados pelos professores Rosa Reis, Paula Ângela Mendes, Lígia Domingues, Rosa Maia e João Cruz. A autora conseguiu captar, com o seu discurso claro, direto e rico em informação, a atenção dos alunos, a quem também foi dada a oportunidade de colocarem questões sobre o assunto, que já tinha sido abordado nas aulas de História. Esta iniciativa teve ainda o mérito de proporcionar aos alunos uma visão mais concreta de um momento histórico tão distante da sua realidade, consciencializando-os para o facto de, na Primeira Grande Guerra, terem sido mobilizados milhares de portugueses, incluindo alguns da região da Figueira da Foz.


Publicar um comentário

0 Comentários