Velha Guarda do CAP/ADCRP celebrou bodas de ouro



O dia 10 de novembro foi de festa para Velha Guarda do Clube Atlético Pereirense (CAP)/ Associação Desportiva, Cultural e Recreativa de Pereira (ADCRP). A associação pereirense, rodeada de amigos, atletas e entidades, organizou uma Noite de Gala para assinalar o 50º aniversário, num animado e sentido momento de confraternização na Quinta de S. Luiz, em Pereira, reunindo mais de uma centena de convivas.


Ao deixar “um cumprimento muito especial e um forte abraço a todos os pereirenses” em nome do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, o adjunto Rui Santos aproveitou o momento festivo para elogiar “o trabalho exemplar que a direção da Velha Guarda” e, ao reiterar o apoio municipal à associação, deixou um desafio para que possam vir a desenvolver um espaço museológico dedicado à Velha Guarda do CAP/ADCRP.
Numa intervenção emotiva, o presidente da Junta de Freguesia de Pereira, António Ferreira, lembrou também os tempos em que esteve ligado ao clube e desejou “os maiores sucessos à instituição”.
De igual modo, João Galvão, presidente da Velha Guarda do CAP/ADCRP, lembrou as dificuldades que a associação passou e, com palavras de agradecimento aos atletas, familiares, entidades e instituições, referiu: “Temos a obrigação de estar aqui e de conseguirmos dar aos outros aquilo que nós gostámos de ter”.
A Gala de Aniversário, apresentada por Gabriela Sousa, esteve repleta de momentos de alegria e emoção, tendo sido distinguidos atletas, dirigentes, técnicos e colaboradores que representaram o CAP e a ADCRP entre 1968 e 2018, bem como foram feitas homenagens aos sócios fundadores e a outros elementos do CAP/ADCRP, tendo sido feitas também homenagens póstumas e uma homenagem ao Sócio Benemérito Álvaro Mendes Pereira.
O momento festivo contou ainda com momentos musicais, uma apresentação multimédia e, antes dos “parabéns a você” e do bolo de aniversário, os presentes foram surpreendidos com a estreia da Marcha da Velha Guarda do CAP/ADCRP, com letra de António Pedro e música de Orlando Carapeto. 

Publicar um comentário

0 Comentários