Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

11 de novembro de 2018

«Obras no 5.º molhe estarão concluídas até dia 31 de Dezembro» : António Salgueiro, presidente da JF de São Pedro




Na localidade da Cova, na freguesia de São Pedro, o avanço do mar sobre a duna a sul do 5.º molhe, tem sido motivo de grande preocupação para a população local, que tem visto o mar aproximar-se perigosamente, de uma forma mais frequente, daquilo que resta do cordão dunar, originando galgamentos e interrupções nesse mesmo cordão, colocando em risco a segurança da população e das suas habitações.


Segundo o relatório do Programa da Orla Costeira as taxas de recuo da linha de costa na zona marítima da Figueira da Foz, entre 2006 e 2010, vão até 1,7 metros a menos de costa por ano e uma diminuição da largura média da praia e de acordo com a Agência Europeia para o Ambiente, o nível do mar tem subido, desde 1993, uma média de três milímetros ao ano encontrando-se agora sete centímetros mais elevado do que há 24 anos atrás.

Desde 2015 que a situação se tem vindo agravar, e em Agosto de 2018, a APA (Agência Portuguesa do Ambiente) anunciou uma intervenção para a reconstituição do cordão dunar com inicio para setembro do mesmo ano, sobre uma zona cujo acentuado défice sedimentar que se tem agravado progressivamente.

As já referidas obras que tiveram inicio no final de Setembro, têm como data prevista para a sua conclusão, o dia 31 de Dezembro deste ano, António Salgueiro, Presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, acredita que «a data irá ser cumprida» e explica melhor alguns detalhes destas obras, que são da responsabilidade da APA e cujo o orçamento ronda os 504 mil euros.

«As coisas estão acontecer naturalmente e dentro das datas previstas, apesar de um ligeiro atraso na chegada dos geocilindros, mas nada que impeça que as obras terminarem durante o período que está estipulado» afirmou o autarca.

A intervenção consta da execução de uma estrutura de cilindros em material têxtil de cor de areia, ocre ou amarelada, capazes de reter a areia com o qual serão cheios e posteriormente recobertos de areia. Uma estrutura semelhante à que foi usada em Ofir, em Esposende. A areia a ser utilizada na obra vai ser retirada da faixa do areal entre marés da praia do Cabedelinho.

«Os geocilindros, são um material bastante usado na Holanda, o qual será proteger a duna com os mesmos» acrescentou António Salgueiro.

Em relação algumas incertezas sobre os motivos que levaram a intervenção a estar parada durante alguns dias, o Presidente da Junta de Freguesia de São Pedro nega as teses de que seria feito um novo estudo e explica que a paragem «apenas se deveu à espera pelo material proveniente da Holanda».

Recorde-se que em Maio deste ano o Ministro do Ambiente, Matos Fernandes, visitou a freguesia de São Pedro, acompanhado de dois técnicos da APA, assim como do Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, João Ataíde e do Presidente da Junta de Freguesia de São Pedro, António Salgueiro, onde se deslocaram até ao 5.º molhe, para verificar a problemática situação em que a sul deste, se encontra a zona dunar.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto